- Nerd Recomenda

Multinacional Francesa reforça suas políticas de flexibilidade para 2021

São Paulo, SP 15/12/2020 –

Por causa da pandemia, foram fortalecidos projetos de flexibilização para colaboradores

Para garantir o bem-estar e a segurança dos funcionários, a Schneider Electric põe em execução políticas de teletrabalho para 2021. Diante de um ano bastante atípico por causa da pandemia, a empresa, líder em transformação digital e gerenciamento e automação de energia, reforçou ainda mais seus projetos de flexibilização para colaboradores nos próximos anos.

Com isso, a empresa ampliou a elegibilidade da flexibilização. Ou seja, anteriormente, ela era concedida para profissionais com cargo a partir de analista pleno. Agora, todos os colaboradores do nível administrativo têm direito a esse benefício. 

Desde 2017, a Schneider Electric tem uma política de flexibilidade. Nesse sentido, de acordo com as necessidades de cada área de atuação, os colaboradores já podiam escolher seu horário de entrada e saída. Além disso, o trabalho remoto era liberado até três vezes por semana. Com a pandemia, a companhia pôs 100% de seus trabalhadores dos níveis administrativos em trabalho remoto. E, agora, para cada funcionário, o mínimo será home office três vezes por semana. 

“Com a pandemia, a existência da política de flexibilidade fez com que iniciássemos este período com muita tranquilidade”, diz Mari Stela Ribeiro, gerente de experiência de RH para Américas e de serviços de RH para América do Sul. “Desde 2017, o home office faz parte do nosso dia a dia. Temos funcionários equipados e preparados para trabalhar em casa. Assim, nos últimos meses, foi simplesmente desconectar do escritório e conectar em casa.”

Benefícios aos funcionários

Além da flexibilização e do teletrabalho, a Schneider tem desenvolvido e melhorado outras ações de cuidado e acolhimento de funcionários. Entre elas estão os períodos de licença. Para maternidade e paternidade primária, por exemplo, seja para nascimento ou adoção, a companhia oferece seis meses consecutivos. Já para maternidade e paternidade secundária, são 20 dias consecutivos.

Além disso, há a licença familiar — para cuidados de parentes com casos graves de saúde ou de pessoa idosa — por uma semana. E, ainda, uma licença de cinco dias para luto de familiares diretos. “Nossa busca pelo melhor apoio e cuidado com os funcionários é constante. Para 2021, esperamos evoluir ainda mais nessas questões”, ressalta Mari Stela.

- Nerd Recomenda

Website: https://www.se.com/br/pt/

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: