A Ursa Polar. Divulgação/Disney+

A Ursa Polar: Confira 5 curiosidades sobre os ursos polares

O novo filme original, narrado pela atriz Catherine Keener, estreou no Dia da Terra (22 de abril) e apresenta a extraordinária jornada de uma ursa polar na Disney+

Como parte da comemoração do Dia da Terra, o Disney+ estreou com exclusividade o filme original da Disneynature, A URSA POLAR, no dia 22 de abril. Narrada pela atriz duas vezes indicada ao Oscar® Catherine Keener (Capote, Quero Ser John Malkovich), a produção acompanha a vida de uma mãe ursa e seus dois filhotes sobrevivendo as complicadas adversidades do Ártico, e conta a história de uma nova mãe cujas memórias de sua própria juventude a preparam para navegar pela maternidade no mundo atual, e cada vez mais difícil, que os ursos polares enfrentam.

Em homenagem aos protagonistas do filme e em parceria com o Disney Conservation Fund, a Disneynature anunciou que continuará o compromisso de longa data para ajudar a salvar a vida selvagem e os habitats dos ursos polares, apoiando a Polar Bears International (PBI) nos trabalhos que realizam para proteger as ursas polares, seus filhotes e seu lar no Ártico.

A Ursa Polar. Divulgação/Disney+
A Ursa Polar

Aproveitando a estreia de A URSA POLAR e o compromisso da Disneynature, confira abaixo algumas curiosidades sobre os ursos polares:

São animais gigantes

Com média de 2,4 metros de comprimento e podendo pesar até 726 quilos, o urso polar é a maior espécie de ursos e quase 10 vezes mais pesado que o urso-malaio, o menor de todos.

Mesmo carregando todo esse peso, ele pode alcançar uma velocidade inacreditável, chegando à 65 quilômetros por hora e sendo duas vezes mais rápido que o ser humano mais veloz do mundo.

Estão espalhados pelo mundo

A ursa polar está presente em três diferentes continentes do hemisfério norte. Sobrevivendo em locais com temperaturas abaixo de zero, o animal pode ser encontrado na Europa, na Ásia e na América do Norte.

Dependem do homem para sobreviver

Os ursos polares dependem totalmente do gelo marinho para caçar, se alimentar e, consequentemente, sobreviver. Com a poluição humana e o aquecimento global aumentando nas últimas décadas, as geleiras estão em processo de descongelamento, fato que os impedem de alcançar as presas que vivem no gelo e na água, dificultando o seu desenvolvimento. A ação humana pode contribuir para a extinção dessa espécie.

É a espécie mais carnívora de ursos

Dentre todas as oito espécies de ursos existentes ao redor do mundo, o urso polar é a que mais se alimenta de carne. Enquanto a maioria dos ursos comem frutas, sementes, mel e bambu, ele sobrevive através de outros animais como peixes e focas marinhas.

Dão à luz embaixo da terra

No rigoroso inverno do Ártico, buscando proteger as crias que estão para nascer, as fêmeas de ursos polares cavam tocas profundas embaixo da terra para dar à luz de uma forma bastante segura. Essa ação impede que os filhotes nasçam em temperaturas abaixo de zero, algo que põe em risco a sua sobrevivência.

Apesar de não ser uma regra, os ursos polares, geralmente, dão à luz dois filhotes por gravidez, mas podendo parir até cinco de uma vez.

Trailer de A Ursa Polar:

Leia também: Disney+ e canal National Geographic celebram o mês da terra com grandes lançamentos

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Instagram Twitter

Deixe seu Comentário