Insubmissas

Insubmissas – Mulheres na Ciência estreia de forma online dia 13 de janeiro

Insubmissas – Texto de Oswaldo Mendes com direção de Carlos Palma debruça sobre as questões do feminino na ciência, dando foco para quatro mulheres que se tornaram importantes cientistas que revivem em cena suas difíceis entradas e convivências no ambiente predominantemente masculino 

Espetáculo que fez temporada em 2015 com grande acolhida do público estreia dia 13 de janeiro de 2021 de forma online por conta da pandemia. Serão 6 transmissões no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso e, logo na sequência, mais 6 apresentações no Teatro Cacilda Becker.

O elenco é composto por Adriana Dham, Leticia Olivares, Monika Plöger, Selma Luchesi, Vera Kowalska e Rogério Romera. O texto é de Oswaldo Mendes e a direção de Carlos Palma

Insubmissas

Na encenação – gravada presencialmente com inserções das atrizes neste momento de isolamento – os dramáticos momentos vividos por Marie Curie (dois prêmios Nobel), que apesar da mais alta premiação passou fome na França; os conflitos de Hipácia com o governador e o bispo de Alexandria sendo morta a pedradas; Bertha Lutz, que, superando dificuldades fez de sua vida uma luta incansável pelos direitos da mulher e Rosalind Franklin, com decisiva pesquisa do DNA, ludibriada pelos laureados Crick e Watson, encerra com a pergunta sempre difícil de responder: afinal o que é a vida? 

A produção também homenageia neste trabalho – contemplado pela 10ª Edição do Prêmio Zé Renato para a Cidade de São Paulo – com breve biografia gravada e animada com ilustrações, das mulheres artistas que emprestam seus nomes aos teatros públicos municipais, local de onde serão feitas as transmissões (Canal do Youtube do NucleoACP e Facebook do CCJuventude e Teatro Cacilda Becker). 

Sinopse 

Uma misteriosa voz masculina insistentemente provoca Marie Curie, Bertha Lutz, Rosalind Franklin e Hipácia de Alexandria a falarem de suas vidas. Numa delicada e instigante instalação de cordas, pedras e luzes, o desnudamento de extremados conflitos vividos por elas vem à tona, num suspense somente rompido pela insubordinação e pela desobediência.

Serviço

06 transmissões no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso
13 janeiro (quarta) 17h
15 janeiro (sexta) 19h
16 janeiro (sábado) 15h e 17h
17 janeiro (domingo) 17h
19 janeiro (terça) 19h

06 transmissões no Teatro Cacilda Becker
22 janeiro (sexta) 21h
23 janeiro (sábado) 21h
24 janeiro (domingo) 19h
29 janeiro (sexta) 21h
30 janeiro (sábado) 21h
31 janeiro (domingo) 19h

Grátis | 60 minutos | Após a sessão haverá um debate com os interessados sobre o espetáculo.

Leia Também: My Hero Academia ganha data de estreia na Loading

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: