Kenneth Branagh

Kenneth Branagh – Conheça a carreira cinematográfica do ator e diretor de “Morte no Nilo”

O longa baseado em romance da escritora Agatha Christie chega aos cinemas brasileiros em 10 de fevereiro

No dia 10 de fevereiro estreia Morte no Nilo, filme baseado no romance de Agatha Christie de 1937 e dirigido por Kenneth Branagh. Na história, as férias do detetive belga Hércules Poirot (Branagh) a bordo de um glamuroso navio a vapor no Egito se transformam em uma terrível procura por um assassino, enquanto a lua-de-mel idílica de um casal perfeito é tragicamente interrompida.

Ambientada em uma épica paisagem de vistas arrebatadoras do deserto e as majestosas pirâmides de Gizé, esta história de paixão desenfreada e ciúmes apresenta um grupo cosmopolita de viajantes impecavelmente vestidos, e as reviravoltas inesperadas suficientes para deixar o público inquieto e perplexo até o chocante desfecho.

Além de dirigir o longa, Kenneth Branagh também dá vida ao personagem Hércules Poirot, uma das criações mais amadas e mais conhecidas de Agatha Christie. O personagem é um detetive belga perspicaz, autodepreciativo, cavalheiro e gentil, que aproveita as regalias de uma vida socializando em meio à elite.

Kenneth Branagh
Kenneth Branagh como Hércules Poirot em “Morte no Nilo”

Branagh é um cineasta e ator internacionalmente aclamado, cujo trabalho se distingue pela qualidade, verdade e paixão. Ele dirigiu, estrelou e produziu o sucesso de bilheteria Assassinato no Expresso do Oriente (2017), também baseado em um romance de Agatha Christie, com alguns personagens presentes no novo longa.

Kenneth Branagh
Kenneth Branagh em cena de “Assassinato no Expresso Oriente”

Conheça, abaixo, mais sobre a extensa carreira do ator e diretor no cinema.

Trabalhos recentes

Recentemente, Branagh esteve no elenco de Tenet (2020), de Christopher Nolan, ao lado de John David Washington and Robert Pattinson. Em 2017, também integrou o elenco do épico Dunkirk, do mesmo diretor, desempenhando o papel crucial do Comandante Bolton.

Como diretor, um dos trabalhos mais recentes foi o longa de fantasia Artemis Fowl: O Mundo Secreto, baseado no amado livro de Eoin Colfer, que estreou no Disney+ em 2020. Ele também estrelou e dirigiu o filme aclamado pela crítica A Pura Verdade (2018), sobre os últimos anos de William Shakespeare, ao lado de Judi Dench e Ian McKellen.

Kenneth Branagh
Cena de “Artemis Fowl: O Mundo Secreto” (2020)

Em 2015, Branagh dirigiu o sucesso de bilheteria aclamado pela crítica Cinderela, estrelado por Cate Blanchett, Lily James, Richard Madden e Helena Bonham-Carter (disponível no Disney+). Antes disso, o cineasta dirigiu o mais novo filme da franquia “Jack Ryan”, Operação Sombra – Jack Ryan (2014), no qual também estrelou ao lado de Chris Pine e Keira Knightley.

Kenneth Branagh
Cena de “Cinderela” (2015)

Em 2011, interpretou Sir Laurence Olivier em Sete Dias com Marilyn, ao lado de Michelle Williams. O desempenho rendeu a Branagh uma indicação ao Oscar® de Melhor Ator Coadjuvante, bem como indicações ao Globo de Ouro e ao Screen Actors Guild Award. Isso marcou a quinta indicação ao Prêmio da Academia em sua carreira, tornando-o um dos primeiros atores a receber cinco indicações em cinco categorias distintas: Ator, Ator Coadjuvante, Diretor, Roteiro e Curta-Metragem.

No mesmo ano, ele esteve à frente do sucesso da Marvel Thor, como diretor, que arrecadou mais de US$ 448 milhões em todo o mundo.

Kenneth Branagh
Thor (2011)

Início da carreira

A primeira empreitada de Branagh no cinema teve sucesso instantâneo. Sua produção de 1989 de Henrique V, adaptação de Shakespeare em que ele estrelou e dirigiu, ganhou vários prêmios internacionais, bem como indicações ao Oscar® de Melhor Ator e Melhor Diretor. O segundo sucesso no cinema shakespeariano de Branagh como ator, diretor, escritor e produtor foi Muito Barulho por Nada (1993), produção convidada para ser exibida no Festival de Cinema de Cannes de 1993. No mesmo ano seu curta-metragem da peça de Chekhov, Swan Song, também recebeu uma indicação ao Oscar.

Em 1994, o cineasta dirigiu Robert De Niro no sucesso Frankenstein de Mary Shelley, e seu filme em preto e branco Sonhos de Uma Noite de Inverno (1995) abriu o Festival Sundance de Cinema de 1996 e ganhou o prestigioso Osello d’Oro no Festival de Veneza. Além disso, em 1996, Branagh realizou mais uma produção baseada na obra de Shakespeare: Hamlet, na qual ele também atua e foi aclamada pela crítica, recebendo quatro indicações ao Oscar. Sua quarta adaptação cinematográfica de Shakespeare foi o musical Amores Perdidos, lançado em 2000.

Seus outros trabalhos no cinema incluem papéis em Até Que a Morte Nos Separe (1998); Celebridades (1998), de Woody Allen; Livre para Voar (1998); As Loucas Aventuras de James West (1999); Geração Roubada (2002); Harry Potter e a Câmara Secreta (2002); Operação Valquíria (2008); Os Piratas do Rock (2009); e muitos outros.

Morte No Nilo estreia em 10 de fevereiro exclusivamente nos cinemas.


LEIA TAMBÉM: Maratona A Era do Gelo


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Instagram Twitter

Um comentário

Deixe seu Comentário