Os Paralamas do Sucesso - Curta!

Os Paralamas do Sucesso e seu ‘quarto integrante’ estreiam no Curta!

As recordações de Os Paralamas do Sucesso, uma das bandas de rock mais bem-sucedidas da música brasileira, fazem parte do documentário que estreia no Curta!

Dirigido por Roberto Berliner e Paschoal Samora, o filme vai além da trajetória musical, mostrando também a amizade entre Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone e um “quarto elemento” pouco conhecido: José Fortes, o empresário da banda.

O documentário resgata essas memórias a partir de um bate-papo informal com os quatro retratados. Os depoimentos são ilustrados com um rico material de arquivo, registrado pelo próprio Berliner desde os anos 1980. Durante a conversa, Fortes revela ter sido sempre apaixonado por música, embora não tivesse aptidão para tanto, e conta como foi entrar para uma banda como empresário: “Existe um outro caminho que não seja só ser músico, dá para estar perto sem tocar”.

O filme mostra, cronologicamente, a formação da banda desde que Herbert se aproxima de Bi e Zé Fortes durante a faculdade; a troca do baterista Vital Dias — que inspirou o hit “Vital e Sua Moto” — por João Barone; os primeiros shows e discos; a histórica apresentação no Rock in Rio de 1985 — e, a partir dela, o estrelato nacional e internacional —, além da fase mais madura do grupo.

Na trilha sonora, as canções que marcaram o repertório da banda e toda uma época. Entre elas, “Meu Erro”, “Quase Um Segundo”, “Óculos” e “Alagados”. Produzido pela TV Zero, “Os Quatro Paralamas” foi viabilizado pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). A estreia é na Segunda da Música, 19 de abril, às 22h15.

Confira a programação:

Segunda da Música (MPB, Jazz, Soul, R&B) – 19/04

22h15 – “Os Quatro Paralamas” (Documentário)
Dirigido por Roberto Berliner e Paschoal Samora, “Os Quatro Paralamas” leva o espectador a uma imersão na história dos Paralamas do Sucesso. Berliner, que acompanha a banda desde o início no Circo Voador, em 1983, resgatou imagens históricas para este documentário sobre música e amizade. Ele mostra a relação dos três músicos que sobem ao palco (Herbert, Bi e João) e de um quarto elemento, que aparece pouco na mídia, mas tem papel fundamental: José Fortes, o empresário.

Em um papo na sala da casa de Bi Ribeiro, os quatro lembram a carreira, falam sobre sua amizade inabalável e tocam músicas que fazem parte dessa trajetória de quase 40 anos. Diretores: Roberto Berliner e Paschoal Samora. Duração: 90 min. Classificação: 12 anos. Horários alternativos:  20 de abril, terça-feira, às 02h15 e 16h15; 21 de abril, quarta-feira, às 10h15; 24 de abril, sábado, às 15h20 e 25 de abril, domingo, às 22h15.


Terça das Artes (Visuais, Cênicas, Arquitetura e Design) – 20/04

22h30 – “O Risco: Lucio Costa e a Utopia Moderna” (Documentário)

O arquiteto e urbanista Lucio Costa é uma das raras personalidades na história do Brasil que permitem cruzar a sua história individual com a construção da nação de maneira muito natural e aberta. O documentário narra, através da trajetória de Costa, o processo de “formação” da arquitetura moderna brasileira. Diretor: Geraldo Motta Filho. Duração: 76 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 21 de abril, quarta-feira, às 2h30 e às 16h30; 22 de abril, quinta-feira, às 10h30; 25 de abril, domingo, às 14h35.


Quarta de Cinema (Filmes e Documentários de Metacinema) – 21/04

22h15 – “Banquete Coutinho” (Documentário)
“Banquete Coutinho” propõe olhar para os filmes de Eduardo Coutinho como uma grande obra indivisível. Teria um dos mestres do cinema brasileiro feito sempre o mesmo filme? A partir de um encontro filmado com o diretor em 2012 e vasto material de arquivo, o filme mantém acesas as inquietações do cineasta, falecido dois anos após a entrevista. Diretor: Josafá Veloso. Duração: 74 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 22 de abril, quinta-feira, às 02h15 e 16h15; dia 23 de abril, sexta-feira, às 10h15; dia 24 de abril, sábado, às 13h55 e 25 de abril, domingo, às 20h45.

Paralamas - Nerd Recomenda
Banquete Coutinho | Foto: Divulgação


Quinta do Pensamento (Literatura, Filosofia, Psicologia, Antropologia) – 22/04

22h25 – “Frágil Equilíbrio” (Documentário)
Por meio de três histórias que abrangem três continentes, nós nos vemos refletidos nas vidas de imigrantes africanos à procura de um lugar seguro, trabalhadores espanhóis e assalariados japoneses com pouco tempo para descanso. As palavras de José Mujica, ex-presidente do Uruguai, costuram as três histórias e nos fazem perceber que continentes e classes podem nos dividir, mas a humanidade nos une.  Direção: Guillermo García Lopez. Duração: 81 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 23 de abril, sexta-feira, às 02h25 e às 16h25; 25 de abril, domingo, às 00h; 26 de abril, segunda-feira, às 10h25.


Sexta da Sociedade (História Política, Sociologia e Meio Ambiente) – 23/04

21h30 – “Operação Camanducaia” (Documentário)
“Operação Camanducaia” mistura os estilos de road-movie, cinema investigativo e filme de diálogos para contar uma história de 1974, que foi esquecida por nossa memória coletiva. Naquele ano, aproximadamente 93 crianças e adolescentes foram arbitrariamente presos pela polícia de São Paulo e levados clandestinamente para Minas Gerais.

Na altura da cidade de Camanducaia, foram despidos, espancados e jogados num barranco. Partindo de Camanducaia, o filme busca encontrar os envolvidos, especialmente os sobreviventes. Diretor: Tiago Rezende de Toledo. Duração: 75 min. Classificação: 16 anos. Horários alternativos: 24 de abril, sábado, à 01h30; 25 de abril, domingo, às 13h10; 26 de abril, segunda-feira, às 15h30 e 27 de abril, terça-feira, 09h30m.


Sábado – 24/04

18h35 – “Incertezas Críticas” (Série) – Episódio: “Noam Chomsky”
O linguista e ativista político norte-americano Noam Chomsky, professor do Massachusetts Institute of Technology (MIT), explica como funciona o capitalismo hoje e adverte sobre os perigos que o Brasil corre na nova ordem mundial. Diretor: Daniel Augusto. Duração: 26 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 25 de abril, domingo, às 09h35.

Paralamas - Nerd Recomenda
Incertezas Críticas | Foto: Divulgação


Domingo – 25/04

16h15 – “Neojibá – Música Que Transforma” (Documentário)
O documentário apresenta a emocionante trajetória do NEOJIBA – Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia, um dos mais bem sucedidos projetos de inclusão social do Brasil. Sua orquestra juvenil, formada por jovens baianos em situação de vulnerabilidade social, é internacionalmente aclamada por sua excelência e originalidade.

O filme revela as dificuldades e conquistas dos jovens músicos, as mudanças que a prática instrumental promove em suas vidas e como isso impacta suas famílias e comunidades. O filme também apresenta trechos de belos concertos da Orquestra Juvenil da Bahia regidos pelo maestro Ricardo Castro com a participação de grandes nomes da música de concerto, como a pianista Martha Argerich, a violinista Midori e o percussionista Colin Currie. Direção: George Walker Torres e Sérgio Machado. Duração: 80 min. Classificação: Livre. 


Leia mais: Curta!On celebra 46 anos do Grupo Corpo com quatro espetáculos e um documentário sobre seus 15 anos iniciais

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: