Starz vai produzir “Galist”, série estrelada por Julia Roberts e Sean Penn que conta a história do papel de Martha Mitchell no caso Watergate

galist - Nerd Recomenda
Julia Roberts e Sean Penn

Da UCP, Esmail Corp, Red Om Films e Robbie Pickering, a série antológica “Galist” é baseada no podcast “Slow Burn”, da Slate, dirigido e produzido por Matt Ross.

A Starz anunciou nesta segunda-feira a aprovação da série antológica Gaslit, estrelada por Julia Roberts (“Homecoming”, “Extraordinário”) e Sean Penn (“Milk”, “Mystic River”). Matt Ross (“Capitão Fantástico”, “28 Hotel Rooms”) será o diretor e produtor executivo da obra, adaptada da primeira temporada do premiado podcast da Slate sobre Watergate, “Slow Burn”. Robbie Pickering (“Mr. Robot”, “Search Party”, “Natural Selection”) é o showrunner. Gaslit está programada para iniciar a produção ainda no primeiro semestre e será produzida pela UCP, uma divisão do Universal Studio Group, para a Starz.

“Estou muito feliz por ter a oportunidade de compartilhar a história emocionante e fascinante de Martha Mitchell com o mundo”, disse o showrunner e produtor executivo Robbie Pickering. “Martha foi a primeira e mais alta voz a se pronunciar contra a criminalidade desastrada de uma administração presidencial desonesta e foi uma das mais complicadas mártires públicas dessa era. Encontrar alguém disposto a contar sua história é um sonho. Fazer isso com Sam, Julia, Sean, Matt, UCP e Starz parece impossível. Eu estou na lua”.

Essa história será centrada em Martha Mitchell, vivida por Roberts. Uma grande personalidade com uma boca maior ainda, Martha é uma socialite celebridade do Arkansas e esposa do leal Procurador Geral de Nixon, John Mitchell, interpretado por Penn. Apesar de sua filiação partidária, ela é a primeira pessoa a soar publicamente o alarme sobre o envolvimento de Nixon em Watergate, causando o desmoronamento tanto da Presidência quanto de sua vida pessoal. Como Procurador Geral, John Mitchell (Penn) é o conselheiro mais confiável e melhor amigo de Nixon. Temperamental, desbocado e implacável – mas perdidamente apaixonado por sua esposa famosa por ser franca – ele é forçado a escolher entre Martha e o Presidente.

Vencedora do Oscar por “Erin Brockovich”, Julia Roberts atuou nos principais longas-metragens de sucesso de Hollywood, trabalhou com os diretores mais estimados da indústria e seus filmes arrecadaram mais de US$ 3 bilhões em todo o mundo. Ela chamou a atenção do público pela primeira vez com o papel aclamado pela crítica em “Três Mulheres, Três Amores”. Com “Flores de Aço” recebeu sua primeira indicação ao Oscar. Seu próximo filme, “Uma Linda Mulher”, foi o longa de maior bilheteria de 1990 e trouxe a Roberts sua segunda indicação ao Oscar.

Sean Penn foi cinco vezes indicado ao Oscar e duas vezes ganhador do Prêmio da Academia de Melhor Ator por suas atuações em “Sobre Meninos e Lobos”, de Clint Eastwood, e “Milk”, de Gus Van Sant. Ele trabalhou como ator, escritor, produtor e diretor em mais de cem produções de teatro e cinema e é o autor de dois romances e vários artigos. Penn é o fundador da CORE, uma organização sem fins lucrativos dedicada a salvar vidas e fortalecer as comunidades afetadas ou vulneráveis a crises em todo o mundo.

O escritor, diretor e ator Matt Ross escreveu e dirigiu muitos curtas-metragens, alguns dos quais estrearam no Festival de Cinema de Sundance junto com seu primeiro longa, “28 Hotel Rooms”. “Capitão Fantástico”, seu segundo longa-metragem, também estreou no Festival de Cinema de Sundance, sendo exibido em seguida na seção Un Certain Regard do Festival de Cannes, onde Ross ganhou o Prix de la Mise en Scène (prêmio de Melhor Diretor), primeiro de muitos outros prêmios nos Estados Unidos e internacionalmente. Como ator, Ross trabalhou com diretores como Martin Scorsese, Mary Harron, Terry Gilliam e John Woo, entre outros. Ele também interpretou Alby Grant em “Big Love” e Gavin Belson em “Silicon Valley”.

Gaslit vai ser exibida no canal STARZ nos Estados Unidos e Canadá, e em sua plataforma de streaming internacional Starzplay na Europa, América Latina e Japão.


Leia Também: “Mães de Verdade” estreia nos cinemas brasileiros dia 11 de março


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário