- Nerd Recomenda

Computadores portáteis ganham novo fôlego

São Paulo, SP 23/12/2020 – Mercado de notebooks deve acelerar nos próximos meses, com a chegada de novos chips para os computadores portáteis

Impulsionado pelo trabalho remoto e o estudo a distância o mercado de PCs nos Estados Unidos apresentou aumento de 11,4% em vendas no terceiro trimestre de 2020, segundo dados da IDC. E isso não é pouco: é o melhor resultado nos últimos dez anos. 

E a tendência de trabalho remoto deve aumentar a demanda por laptops mais versáteis nos próximos meses. A consultoria Gartner estima que 48% dos funcionários trabalharão remotamente pelo menos parte de seus expedientes após a pandemia do novo coronavírus, contra aproximadamente 30% antes da pandemia. De acordo com o instituto, essa tendência fará com que os notebooks corporativos substituam os desktops até 2021 ou 2022.

E o mercado de notebooks deve ganhar um fôlego novo nos próximos meses com a chegada de novos chips para os computadores portáteis. A MediaTek, por exemplo, apresentou recentemente seus chipsets MT8192 e MT8195, para a próxima geração de Chromebooks. Com o modelo MT8192, produzido com a tecnologia de 7nm, e o MT8195 que utiliza a arquitetura de 6nm, os fabricantes de computadores portáteis podem criar Chromebooks com grande poder de processamento, finos e leves  com longa duração de bateria, para funções como videoconferências, streaming de vídeo para jogos na nuvem e aplicações de inteligência artificial.

“A popularidade dos Chromebooks está aumentando consideravelmente, pois mais pessoas trabalham remotamente e fazem aulas online. A MediaTek já está presente em Chromebooks mais populares e continua aprimorando as experiências dos usuários com nossos novos chipsets”, afirma Jerry Yu, vice-presidente da MediaTek. “Os chipsets MT8192 e MT8195 oferecem mais recursos para projetar Chromebooks robustos, com formatos inovadores de virar, dobrar ou mesmo destacar, finos e leves, e com bateria de vida longa.”

Os chipsets MT8192 e MT8195 integram a APU 3.0 (unidade de processamento de AI) para rodar uma ampla variedade de aplicativos baseados em voz e visão. A poderosa tecnologia de inteligência artificial inclui reconhecimento de ID por voz, reconhecimento de imagem, conversão de fala em texto, tradução instantânea, reconhecimento de objetos, remoção de fundo, redução de ruído, segmentação de imagem e vídeo, controle de gestos e aprimoramentos, tudo em tempo real. Os dois chipsets também têm um processador de sinal digital de áudio (DSP) para permitir comandos de voz de ativação (VoW) para assistentes de voz, com baixo consumo de energia.

As marcas podem projetar Chromebooks com uma grande variedade de configurações de câmera graças ao processador de sinal de imagem de alto alcance dinâmico (HDR) e mecanismo de profundidade de hardware integrado aos chipsets. Com isso, os fabricantes de dispositivos podem usar câmeras de 80 MP e 4 células, câmeras individuais de 32 MP ou configurações de câmera dupla de até 16 MP + 16 MP, garantindo HDR nítido para videoconferência nos Chromebooks.

Os Chromebooks equipados com o chipset MT8192 chegarão ao mercado no segundo trimestre de 2021. Já o MT8195 equipará Chromebooks premium, smart displays, tablets e outros equipamentos inteligentes em uma data posterior.

 

- Nerd Recomenda

Website: https://i.mediatek.com/chromebook

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: