cobra kai

Cobra Kai e o retorno das produções de artes marciais

Lançada em 2018, a série Cobra Kai, spin-off do clássico dos anos 80 “Karatê Kid- A Hora da Verdade” chega a sua quarta temporada empolgando e revivendo ainda mais aquela sensação nostálgica de assistir uma boa e velha série de artes marciais 

Assim como hoje em dia as salas de cinema e os catálogos de streaming estão abarrotados de filmes e séries sobre histórias em quadrinhos, lá no comecinho da década de 70 a febre eram os filmes sobre artes marciais. 

Os primeiros filmes do gênero a despontar na época, eram produzidos por um estúdio local, a Shaw Brothers, que produziu filmes como O Grande Mestre Beberrão e o Espadachim de Um Braço Só.

cobra kai

Esses filmes eram vendidos principalmente na região de Honk Kong e em algumas partes da China, mas graças a boa recepção do público local esses filmes começaram a chegar também no ocidente, e por consequência acabaram disseminando uma parte importante da cultura chinesa para o resto do mundo, e então nomes importantes do gênero como o lendário Bruce Lee e Jackie Chan já eram os grandes heróis da época. 

Devido a esse grande “boom” da cultura oriental ao redor do Globo, Hollywood não ficou para trás e começou a produzir os seus próprios filmes de artes marciais, ocidentalizando essa parte da cultura chinesa.Aassim, em 1984, o longa Karatê Kid – A hora da Verdade chegava as salas de cinema, popularizando conceitos clássicos do gênero. 

A história do filme era bem simples: um jovem rapaz que sofre bullying do aprendiz do dojô Cobra Kai Johnny Lawrence, cruza o caminho de um senhor já idoso de barba branca, com um semblante que exala sabedoria e punhos que transmitem mil anos de dor  à seus adversários. Depois de um tempo os filmes de artes marciais foram perdendo o fôlego, como havia acontecido antes com o gênero Western e como um dia vai acontecer com os filmes de quadrinhos, mesmo que alguns filmes de ação trouxessem atores como Jason Statham e Jet Li, a cultura chinesa que envolvia os filmes não estava mais presente, apenas os golpes. 

cobra kai

Até que em 2018 o YouTube Premium lança a série Cobra Kai, trazendo novamente aquela sensação única de ver uma boa porradaria alinhada com o misticismo da cultura chinesa e a nostalgia de uma franquia que fez sucesso no passado. 

Ao longo de suas 4 temporadas, a série vem mostrando ainda mais elementos de seus antigos filmes, trazendo personagens como Daniel LaRusso e sua antiga rivalidade com Johnny Lawrence sem deixar de desenvolver ainda mais suas histórias, e de quebra nos apresentar novos personagens ainda mais interessantes.

É verdade que na primeira temporada a história é basicamente um copia e cola do primeiro Karatê Kid, que é o que todos esses spin-offs e continuações de filmes de sucesso do passado vem fazendo, mas diferente de muitos deles, nas temporadas seguintes, não se esqueceram de desenvolver a história e ainda apresentar ao público novos personagens pra lá de interessantes.

Muitas séries chegam na 4° temporada já um pouco saturadas, Cobra Kai chega ainda com muito ânimo para o futuro e é notável que em 4 anos de série a qualidade ainda não tenha caído. 

É muito bom ver algumas dessas produções de vez em quando, como foi o caso de Shang Chi da Marvel Studios, que traz ainda referências visuais muito bacanas dos filmes de Bruce Lee, e mesmo que esses filmes muito provavelmente não voltem a dominar as telonas, ou telinhas, volta e meia é muito legal assistir uma boa porradaria. 

texto por: Matheus Henrique


Leia Também: Netflix confirma segunda temporada de Rebelde e lança clipe de Sálvame


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Instragram Twitter

Deixe seu Comentário