Cinema nacional

Dia do Cinema Nacional: Relembre os maiores sucessos das telonas brasileiras

Em homenagem ao Dia do Cinema Nacional, celebrado todos os anos em 19 de junho, separamos uma lista com alguns clássicos das telonas brasileiras. Mas, antes disso, você sabe porque é comemorado neste dia?

Em 19 de junho de 1898, o Ítalo-brasileiro Afonso Segreto, primeiro cinegrafista e diretor do país, registrou as primeiras imagens em movimento no território do Brasil.

Bacurau
Cena de Bacurau | Reprodução Instagram

Foi um marco para a história do cinema, em especial o nacional. Um dos filmes mais conhecidos  é O Auto da Compadecida, que por diversas vezes foi transmitido durante a sessão da tarde, na Rede Globo.

Lançado em 2019, Bacurau foi considerado uma das melhores produções do cinema nacional, vencendo o prêmio do Júri em Cannes e foi indicado à Palma de Ouro. Há diversas produções de sucesso, confira alguns desses clássicos abaixo.

Cinema Nacional

O que é isso companheiro?

O jornalista Fernando e seu amigo César abraçam a luta armada contra a ditadura militar no final da década de 60, após a publicação do AI-5. Os dois se alistam em um grupo guerrilheiro de esquerda e, em uma das ações do grupo militante, César é ferido e capturado pelos militares. Fernando então planeja o sequestro do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Charles Burke Elbrick, para negociar a liberdade de César e de outros companheiros presos.


Tropa de Elite

O dia a dia do grupo de policiais e de um capitão do BOPE, que quer deixar a corporação. Porém, para isso, ele precisa encontrar um substituto. Os aspirantes ao seu posto são dois amigos que se tornaram policiais e se destacaram pela honra e honestidade no cumprimento de suas funções.


Cidade de Deus

Nas favelas do Rio de Janeiro dos anos 70, dois rapazes seguem caminhos diferentes. Buscapé é um fotógrafo que registra o cotidiano violento do lugar, e Zé Pequeno é um ambicioso traficante que usa as fotos de Buscapé para provar como é durão.


Central do Brasil

Dora, uma amargurada ex-professora, ganha a vida escrevendo cartas para pessoas analfabetas, que ditam o que querem contar às suas famílias. Ela embolsa o dinheiro sem sequer postar as cartas. Um dia, Josué, o filho de nove anos de uma de suas clientes, acaba sozinho quando a mãe é morta em um acidente de ônibus. No primeiro momento, Dora reluta em cuidar do menino, mas acaba se juntando a ele em uma viagem pelo interior do Nordeste em busca do pai de Josué, que ele nunca conheceu.


Que Horas Ela Volta?

A pernambucana Val se mudou para São Paulo com o intuito de proporcionar melhores condições de vida para a filha, Jéssica. Anos depois, a garota lhe telefona, dizendo que quer ir para a cidade prestar vestibular. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, porém o seu comportamento complica as relações na casa.


O palhaço 

Benjamim e Valdemar formam a divertida dupla de palhaços Pangaré e Puro Sangue. Mas Benjamin decide deixar o circo e mergulhar em uma nova aventura para realizar um grande sonho.


Texto: Letícia Couto (@ilecouto)

Leia Também: Trailer Inédito da 2ª Temporada de “Coisa Mais Linda” – Netflix

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Um comentário

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: