Borat - Nerd Recomenda

Fita de Cinema Seguinte de Borat – Comédia na medida (in)certa

Sequência do filme de 2006 repete a fórmula do primeiro, sem perder a originalidade

Essa comédia original da Amazon Prime Video, estreada no dia 23 de outubro, possui tudo aquilo que faz do humor a ferramenta mais útil e simples em períodos conturbados, as piadas ácidas e bem estruturadas.

Borat
Novo filme de Borat é uma produção original da Amazon Prime Video. Créditos: Veja/Divulgação

“Fita de Cinema Seguinte de Borat” é a sequência do filme lançado em 2006 que eternizou o repórter do Cazaquistão mais famoso de todos os tempos, Borat. Vindo de um país subdesenvolvido  e com uma política de governo ditatorial, o repórter não tem muito conhecimento do mundo fora de seu país, sendo chocado com o cenário que encontra nos Estados Unidos.

Nessa continuação de 2020, que até mesmo já rendeu um processo contra a Amazon, ao qual ela saiu vitoriosa, Borat volta aos EUA para uma nova missão estabelecida pelo seu país. Com o objetivo de firmar uma parceria entre a nação de Donald Trump (que o personagem chama de Mc Donalds Trump) e do Cazaquistão, Borat é enviado à América para entregar um presente ao vice presidente dos Estados Unidos, o Ministro da Cultura do Cazaquistão, que é um macaco.

Porém, durante a viagem do “Ministro”, um acidente ocorre e Borat se vê sem uma solução para seu problema. Para piorar, sua filha está nos EUA logo no momento em que o país está no meio de uma disputa presidencial e o cenário do coronavírus estava perto de acontecer.

Borat
Sacha Baron Cohen é o ator responsável por interpretar Borat. Créditos: B9/Divulgação

O que torna o novo filme de Borat uma produção marcante é a crítica escancarada que ele faz ao estilo de vida norte-americana, desde seu “movimento feminista”, que enfrentou alguns ideais contrários, até a ignorância de cidadãos que apoiam o partido Republicanos contra a inocência de Borat, o colocando em situações hilárias.

A comédia já se inicia logo nos primeiros segundos do longa, mostrando uma classificação etária de mais de 3 anos e cheio de esteriótipos sobre a população e governo do Cazaquistão.

Quando Borat é enviado aos Estados Unidos, as piadas ácidas disparam, tendo em cada situação enfrentada pelo protagonista e sua filha, um tema diferente, mostrando que até mesmo um país que se diz livre como os EUA pode apresentar elementos que o tornam retrógrado e conservador, como no caso da piada que se referia à prisão de crianças mexicanas por Trump em jaulas.

Borat
A primeira aparição do personagem Borat foi em 1997. Créditos: Magazine HD/Divulgação

Para dar mais veracidade ao filme, o diretor Jason Woliner fez uma boa escolha ao manter o padrão estético e visual do primeiro longa, com um formato semelhante a um documentário reportagem, onde Borat é gravado por uma câmera realizando suas ações, além de alterar entre elementos de cinema com arquivos jornalísticos, como matérias e reportagens.

Outro ponto a se destacar na trama é a questão do movimento feminista, que também é apresentado com críticas sociais em relação as figuras femininas que o movimento nos EUA tomou como referência. Todos esses elementos, apresentados em um contexto de quarentena, fazem do filme “Fita de Cinema Seguinte de Borat” uma produção mais que necessária de ser assistida.

Além de resultar em boas risadas e nos fazer questionar nossa ideia de liberdade e direitos sociais, o filme ainda apresenta um chocante plot twist que com certeza te deixará perplexo. A produção está disponível no Prime Vídeo, com classificação etária +16 anos.

Porém, quero destacar mais um ponto. Essa é uma comédia que pode ofender a alguns por apresentar ideias xenofóbicas, racistas e machistas, não sendo uma produção para todos os tipos de público.

*Texto escrito por Renata da Silva

Leia Também: Orphan Black – Uma série que merece reconhecimento

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: