História de Cy

“A História de Cy” | Negritude, amor-próprio e reconhecimento são temáticas levantadas no filme-teatro

“A História de Cy” retrata Negritude, amor próprio e reconhecimento são temáticas do filme-teatro.
Inspirado no clássico Cyrano de Bergerc de Edmond Rostand a obra traz uma narrativa jovem e atual para compreender assuntos estruturais 

Me empresta a borracha? Esqueci meu caderno! Prô, posso ir ao banheiro? Quase todo mundo já se viu em alguma dessas posições quando o assunto é escola, não é mesmo? Mas o que não costumamos lembrar são das inquietações, traumas e desejos que circundam neste mundo chamado escola.

História de Cy

É neste ambiente em que o filme-teatro “ A História de Cy” desenvolve a sua narrativa, no qual a personagem Cy, enfrenta os dilemas impostos pela sociedade e a cultura de padrões de beleza. A cor da pele de Cy – preta – enfrenta  as problemáticas estruturais racistas brasileiras e faz com que a jovem construa uma jornada de autoconhecimento e autoamor. As seis apresentações acontecem sempre às 18h, nos dias 17, 18, 19, 24, 25 e 26 de abril –  (sáb, dom, seg) no Youtube do Grupo Teatral Saga (link aqui).

Para a diretora Ivy Souza a história realizada no período da pandemia fala sobre afeto, tempo e memória. “ Livremente inspirado no clássico Cyrano de Bergerac, de Edmond Rostand, a História de Cy conta a trajetória de uma menina negra que está em busca de aceitação. São as vivências dos atores que rememoram a fase da adolescência e elaboram como esse período os formou como indivíduos e como suas dores e alegrias contam também sobre a trajetória de seus personagens ”, contou.

Esta temporada do espetáculo foi contemplada pelo Edital Proac Expresso Lei Aldir Blanc Nº 38/2020, “Produção e Temporada de Espetáculo Infantojuvenil online”, realizada pelo Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

A História de “Cy”

Essa não é uma história de amor. Mas também poderia ser.

Cy é uma garota negra que ao se apaixonar pela primeira vez não tem coragem de se declarar por não se achar merecedora de amor. Cy se desilude, mas descobre muitas coisas sobre si mesma nesse caminho. Nessa trajetória ela elabora sobre suas memórias, o tempo e encontros.

A história de Cy é um filme-teatro onde a realidade e a ficção se misturam. Dentro do ambiente escolar os atores encenam a história de seus personagens enquanto elaboram sobre os adolescentes que já  foram um dia.

Ficha Técnica

Concepção de Texto – Felipe Dias Batista
Roteiro –Ivy Souza (Criação) | Felipe Dias Batista (Colaboração)
Direção – Ivy Souza
Direção de Arte – Adolfo Bortolozzo
Elenco – Catarina Milani – Cris | Cícero de Andrade – Regis | Karla Mariana – Cy | Manu Figueiredo – Donatela
Participação Especial – Bárbara Rita | MC Vitória da JV 
Produção – Felipe Costa | Catarina Milani | Manu Figueiredo | Ivy Souza  

Audiovisual – Direção de Fotografia (Câmera 2) – Noelia Nájera
Assistente de audiovisual e making-of (Câmera 1) – Hugo Bachiega  
Edição e Finalização – Noelia Nájera
Trilha Sonora – Melvin Santhana – Criação e Direção Musical | Hugo Sodré – Mixagem e Masterização
Apoio Audiovisual – Operação de microfone – Felipe Dias Batista | Adolfo Bortolozzo | Karla Mariana | Leandro Simões

Designer Gráfico – Vinícius Foscaches

Técnico de Transmissão – Leandro Simões

Assessoria de Imprensa – Mídia Pente Fino – Kelly Santos

Serviço

A História de “Cy”
Dias: 17, 18, 19, 24, 25 e 26 de abril – Sáb, dom e seg
Horário: 18h
Duração aprox.: 30 min
Local: Youtube


Leia Também: Globo Livros lança The One, livro que inspirou a série do Netflix

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Instagram Twitter

Um comentário

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: