Homem-Aranha

Ainda há esperança para o Homem-Aranha de Tom Holland

A maior força que o Homem-Aranha tem é a capacidade de qualquer pessoa se identificar com o personagem e suas ações. Mas será que ainda há esperança para o Peter Parker do Tom Holland, e mais importante, ainda há paciência? 

Uma das maiores críticas que os fãs do Homem-Aranha têm com a versão interpretada por Tom Holland é a falta de amadurecimento que o personagem apresenta nos cinco anos que o herói já está inserido no MCU e a dependência dele com outros heróis desse universo. 

Homem-Aranha

No último dia 16 de novembro saiu o tão desejado, tão especulado segundo trailer de Homem-Aranha: Longe de Casa, e uma cena em questão chamou a atenção: em determinada parte do trailer, o Dr. Estranho diz a Peter que ao retornarem para os seus universos de origem o destino dos vilões seria morrer em combate contra os seus respectivos Homens-Aranha, e em um ato de rebeldia, Peter rouba o artefato mágico que, segundo os rumores e milhões de coisas vazadas, aprisiona os invasores, e isso é uma atitude muito Homem-Aranha. 

Uma coisa muito presente na filosofia do cabeça de teia é a força de vontade do herói em salvar todos que puder, até mesmo os seus vilões. No arco do Duende Vermelho, iniciado em  Amazing Spider-Man 795, o Homem-Aranha enfrenta um Duende Verde possuído pelo simbionte Carnificina, e mesmo após um combate voraz contra o vilão, que custou baixas pessoais ao herói, no final Peter salva o Duende de um tiro disparado por John Jonah Jameson. Mesmo após todo o sofrimento que o vilão causou, o Homem-Aranha não deixou de salvá-lo.

Homem-Aranha

Em outra oportunidade, na história Homem-Aranha: Caído entre os mortos, o cabeça de teia impede o vilão Abutre de fugir com dinheiro roubado. Ao final da luta Peter descobre que o dinheiro era para ajudar no tratamento do neto do vilão, que sofre de leucemia.

Nosso herói então conhece a mãe do garoto, que trabalhava dois períodos numa lanchonete para conseguir pagar o tratamento do garoto. Dias depois, Peter consegue ganhar 500 mil dólares em um prêmio do Clarim Diário, mais uma das tentativas de Jameson de desmascarar o herói que Peter conseguiu contornar, e no mesmo instante o Homem-Aranha dá todo o dinheiro para o tratamento do menino, ajudando a salvar o neto de um dos seus maiores inimigos

Claro, essa pequena cena entre Homem-Aranha e Dr.Estranho é só uma gota dentro de um oceano, mas apenas isso já serve para reacender a esperança de ver o Homem-Aranha de volta aos seus dias de glória nas telonas. Tom Holland é um bom ator, e o Homem-Aranha do MCU ainda tem muito potencial a ser explorado dentro desse universo, mesmo que esse desenvolvimento esteja vindo de forma muito tardia. 

Homem-Aranha: Sem Volta pra Casa estreia no dia 17 de dezembro, encerrando a trilogia do herói no MCU. Ainda não se sabe se também será o último filme de Tom Holland no papel de Peter Parker. Rumores indicam que a Marvel planeja mais duas trilogias do herói nesse universo, mas ainda nada foi confirmado, e se for para continuar, que seja com Tom Holland. 

Texto por: Matheus Henrique


Leia Também: The Cut, novo reality apresentado por Alessandra Ambrósio, estreia em novembro no HBO Max

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Instragram Twitter

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: