Iza - Nerd Recomenda

Iza e Devassa lançam filme musical de diretor premiado

Devassa lança filme com releitura de clássico da música brasileira

Iza lança linda versão de 'Brasil Pandeiro' dos Novos Baianos: ASSISTA!

Lançado no último domingo (13), no canal do Youtube de Devassa, o filme “Brasil Pandeiro: Mix Tropical” celebra toda a criatividade que só o Brasil tem, com uma versão exclusiva de “Brasil Pandeiro”, dos Novos Baianos, na voz de IZA e num arranjo assinado pelos hitmakers Pablo Bispo, Ruxell e Sérgio Santos. Criado pelo HNK Lab e Grey, com produção da Stink Films e planejamento estratégico digital da iProspect, o trabalho foi filmado em Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo, para exaltar os elementos criativos culturais brasileiros em diferentes situações.

A parceria entre Iza e a marca vai além deste filme. A cantora participa da nova Campanha de Devassa, e tem o papel de reforçar a valorização da criatividade brasileira, unindo as referências da música popular com o que há de mais novo na tropicalidade do Brasil.

Brasil Pandeiro' Devassa e Iza lançam releitura de clássico da música  brasileira - Mundo Negro

Iza, uma das 100 personalidades Afrodescendentes Mais Influentes do Mundo em 2020, retrata melhor do que ninguém o novo momento de Devassa que valoriza a criatividade e diversidade da cultura e música nacional.

Ainda em 2020, a mais recente participação de Iza para a marca foi durante o Encontros Tropicais, uma noite histórica com a cantora acompanhada de Letieres Leite e da Orkestra Rumpilezz, no Museu du Ritmo, em Salvador, quando eles receberam convidados de várias gerações de artistas para um espetáculo de celebração da música brasileira ao lado de Mateus Aleluia, Margareth Menezes, BNegão, Carlinhos Brown, Larissa Luz, Lazzo Matumbi, Chico Correa e João Milet Meirelles. A apresentação também foi transmitida pelo Multishow e já ultrapassou a marca de 1 milhão e 200 mil visualizações no YouTube de Devassa.

“Brasil Pandeiro: Mix Tropical” foi dirigido por Douglas Bernardt. “Nesse filme tivemos a chance de explorar um dos aspectos mais essenciais do nosso povo: a criatividade. Uma força mágica que transforma cor, som, movimento e símbolos nessa cultura tão única”, conta o diretor. Para encantar o olhar, foram conectados diferentes núcleos narrativos com transições inteligentes e divertidas que resultaram num filme com energia pulsante, além de uma trilha marcante e ritmada. Bernardt, que já conquistou o primeiro Grand Prix de Entertainment for Music brasileiro no Cannes Lions, também têm seus filmes reconhecidos por importantes festivais de criatividade do mundo como D&AD, Clio Music, Young Director Awards, Kinsale Sharks, Camerimage e Ciclope Latino.

Em “Brasil Pandeiro: Mix Tropical” a cantora IZA aparece ao lado de artistas e personalidades brasileiras reconhecidos por expressarem suas criações artísticas e criativas: Kadu dos Anjos, referência de empoderamento social e cultural em Belo Horizonte; a criadora de conteúdo de moda Luciellen Assis; a grafiteira e ativista Sista Katia; Luma Nascimento, especialista em afro-diversidade brasileira, o coletivo Afrobapho, formado por jovens negros LGBTIA+ da periferia de Salvador, entre outros.

A originalidade e a autenticidade do casting trouxe a diversidade criativa para as cenas. O contato próximo com os personagens se deu pela equipe local e reduzida, gerando verdade nas situações que compõem o filme como um todo. Um exemplo disso são as trançadeiras que exercem a profissão em suas vidas reais. Além de criativos locais, outra preocupação foi de contar com uma equipe de produção e criação diversa. Entre essas pessoas, estão mulheres à frente de cargos como direção de arte, assistentes de direção, produção executiva, coordenação de pós, produção de elenco e direção de produção.

Devassa segue apoiando microempreendedores locais e sua representatividade. Um exemplo é o figurino do filme “Brasil Pandeiro: Mix Tropical” que foi assinado pelos stylists baianos Pedro Batalha e Hisan Silva, estilistas da Dendezeiro, e também por Vanessa Martinez. A união dessa equipe teve a intenção de trazer uma estética com personalidade e identidade local. As roupas produzidas carregam um propósito: oferecer oportunidade e visibilidade para pequenos empreendedores da moda sustentável local, sendo muitos deles estilistas negras e negros. Studio 64, Rayzes e a própria Dendezeiro, usadas na produção, são marcas de Salvador que utilizam do upcycling para reaproveitar materiais que iriam para o lixo, transformando-os em moda contemporânea. Outra parceria firmada com o figurino deste filme é a marca Dugueto, que reverte parte do lucro para projetos sociais em sua comunidade: o Nordeste de Amaralina.

Leia Também: SPACE exibe maratona de final de ano com mais 80 filmes, em “Adrenalina Natalina

Siga o @Nerdrecomenda nas redes sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: