No Ritmo do Coração - Nerd Recomenda

No Ritmo do Coração (CODA) – Resenha

No Ritmo do Coração encanta com cenas simples e reflexivas

Disponível no Amazon Prime Video, No Ritmo do Coração, em inglês CODA, vem da sigla da organização internacional ‘Children of Deaf Adults’, tem a difícil missão de tratar do tema surdez através da música ao contar a história de uma família com deficiência auditiva que comanda um negócio de pesca. A filha Ruby (Emilia Jones) é a única pessoa não surda e por isso acaba sendo uma interprete de libras e ajudando seus pais Frank (Troy Kotsur) e Jackie (Marlee Matlin), e irmão, Leo (Daniel Durant) nas atividades do dia-a-dia.

No Ritmo do Coração

A adolescente tem que lidar com os seus dilemas da idade, a responsabilidade que leva por cuidar da família e o preconceito que sofre no colégio. Em meio a dificuldades, Ruby descobre seu talento no canto e se vê dividida entre seguir seu sonho de estudar música em outra cidade e o medo de deixar sua família.

Sendo um remake baseado na obra francesa A Família Bélier (2014), No Ritmo do Coração trata os conflitos com delicadeza, mostrando Ruby como uma filha leal a sua família e seus pais fogem do estereótipo mais rígido, trazendo leveza ao filme, além de um roteiro que transita bem pelo humor e drama, atingindo assim o tom certo para toda a trama.

O longa também merece destaque nas atuações, Emilia Jones está muito bem no papel ao interpretar uma adolescente que traz identificação, e a família interpretada por Marlee Matlin, Troy Kotsur e Daniel Durant – todos surdos na vida real, assim como seus personagens – fazem a história caminhar muito bem por todas as emoções sem forçar a barra, além de garantir autenticidade e ser inclusivo.

No Ritmo do Coração encanta com sua leveza, cenas simples e reflexivas ao trazer uma história sobre sonhos e família, sendo genuíno, divertido e emocionante na medida certa.

Texto por: Helena Tortorelli


Leia Também: Zeta Filmes anuncia lançamentos para o 1º semestre de 2022


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Instragram Twitter

Deixe seu Comentário