Quem Conta um Conto - Nerd Recomenda

Quem Conta um Conto, Aumenta um Sonho leva teatro para dentro das comunidades de São Paulo

As próximas ações acontecem na região do Jabaquara no dia 26 de abril. 170 famílias serão contempladas  

O projeto Quem Conta um Conto, Aumenta um Sonho tem como objetivo levar a arte do teatro dentro da residência de pessoas com pouco ou nenhum acesso cultural e, para isso, conta com 6 atores profissionais que interpretam contos dentro da casa de moradores de comunidades de São Paulo. 

Quem Conta um Conto, Aumenta um Sonho
Projeto Quem Conta um Conto, Aumenta um Sonho

Adaptado por conta da pandemia, o projeto idealizado e produzido por Plínio Meirelles consistia no seguinte formato: cada ator visitava 50 famílias mensalmente no período de 6 meses, totalizando 300 famílias atendidas pelo projeto. A cada mês, um novo conto era ensaiado pelos atores para a representação pensado de forma integrada com um figurino e um cenário que podia ser instalado na casa desses moradores, em sua maior parte barracos ou construções irregulares. 

Depois de cada apresentação na casa dessas famílias, os atores entregavam uma caneca do projeto e propunham um café juntos para baterem papo. Todo o material utilizado era oferecido gratuitamente para a família. O objetivo era  conversar sobre a experiência, jogar conversa fora, rir e construir juntos uma série de significados. E, claro, estimular que as famílias compartilhassem suas histórias, pois elas revelam nossa força e nossa potência.

O projeto teve início em novembro de 2019 e os três primeiros meses foram de intensa pesquisa no território do Jabaquara, escolhido para iniciar o projeto em parceria com a ONG AME. Os atores conheceram a comunidade junto com profissionais dessa instituição, além das lideranças locais, os morros e as histórias do bairro. Depois, os próximos dois meses de 2020 (fevereiro e março) tiveram seus contos realizados, “Olhos D’água” de Conceição Evaristo e “Eu Vi” de Fall Vitielo de Azevedo. “As visitas revelaram-se muito emocionantes, com algumas famílias arrumando sua casa para receber os artistas e chamando a vizinhança para compartilhar a experiência”, conta Plínio. 

Com a pandemia de COVID 19, o projeto Quem Conta um Conto, Aumenta um Sonho precisou parar para se reinventar

Em janeiro de 2021, sob nova pesquisa, o projeto resolveu seguir no formato online com um “delivery sensorial”. O novo formato tem um conto filmado para ser enviado pelo celular e um kit sensorial para ser entregue para as famílias na porta de suas casas. Esse kit busca dialogar com a história contada e ajuda a transformar a experiência de uma forma mais imersiva, mais sensível. 

Em fevereiro e março, as famílias receberam o vídeo no mesmo dia em que, na porta de suas casas, um kit era entregue: comida para estimular os sabores, cheiros para estimular as sensações… tudo para facilitar o processo afetivo e contar uma história. Após esta entrega, os atores realizaram chamadas de vídeos para as famílias no objetivo de conversar e continuar a experiência de uma forma que os afetos e os veículos não se percam.

O próximo envio de kits e contos filmados será feito no dia 26 de abril de 2021 na região do Jabaquara.  

O projeto “Quem Conta um Conto, Aumenta um Sonho” é financiado pelo edital CONDECA de 2019 e realizado pela Cia. dos Afetos em parceria com a ONG AME. 

Acompanhe o projeto “Quem Conta um Conto, Aumenta um Sonho no Instagram: @aumentaumsonho


Leia Também: Sanditon, série baseada na obra inacabada de Jane Austen, merece uma 2ª temporada?

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: