MCU fase 2 logo

Recapitulando o MCU – Fase 2: Novos Mundos (e Personagens) Surgem

Relembre como tudo começou no Universo Cinematográfico da Marvel

Continuando a nossa jornada nessa recapitulação do Universo Cinematográfico da Marvel, hoje vamos falar um pouco de mais seis filmes dessa extensa franquia que, unidos, formam a segunda fase desse projeto mirabolante e multimilionário de Kevin Feige.

Então, apenas recordando, na primeira parte conhecemos as origens do Homem de Ferro, Capitão América e Thor e como se deu a união desses três heróis com a Viúva Negra, o Gavião Arqueiro e o Hulk no crossover responsável por arrecadar mais de US$ 1 bilhão de dólares nas bilheterias, formando assim a super equipe chamada “Vingadores”. Então sem perda de tempo por que nossa estrada é longa, bora falar sobre o que rolou durante a fase 2 do MCU.

Para começar, já temos logo de cara o terceiro e último filme solo do personagem que iniciou toda essa história. Em 26 de abril de 2013, Robert Downey Jr. voltava as telonas com “Homem de Ferro 3” (Iron Man 3, no original), filme que não agradou boa parte dos fãs de quadrinhos e que ainda contou com um belo de bait em relação a um dos personagens.

MCU Homem de Ferro
Divulgação

Seis meses após a Batalha de Nova York e toda a destruição causada por Loki em sua passagem pela Terra, acompanhamos Tony Stark sofrendo as consequências que só um evento tão grande como o que ele viveu poderia causar em uma mente humana: Estresse pós-traumático e fortes crises de ansiedade.

Como válvula de escape, Tony trabalha incansavelmente na melhoria de sua armadura, passando de 40 trajes projetados, cada um com suas próprias características. Em meio a isso, James Rhodes (Don Cheadle) passa a ser chamado de “Patriota de Ferro” já que o governo e o exército americano não acharam de bom tom prosseguir com o título de “Máquina de Combate”, além de dar uma nova mão de tinta no traje substituindo o cinza pelas cores da bandeira americana.

Nas Indústrias Stark, Pepper Potts (Gwyneth Paltrow) continua a frente das atividades como CEO, quando um velho conhecido, Aldrich Killian (Guy Pearce), lhe faz uma visita. Killian conheceu Stark no réveillon de 1999 e estava ansioso para apresentar suas ideias para ele, porém após levar um bolo do bilionário em plena virada de ano, Killian se junta a Maya Hansen (Rebecca Hall) que também foi deixada por Tony na manhã seguinte a festa e, unidos, dão início ao desenvolvimento e aperfeiçoamento do Extremis, uma espécie de vírus que pode regenerar e reescrever o código genético, auxiliando na recuperação de membros amputados do corpo humano.

MCU Homem de Ferro
O Falso Mandarim interpretado por Ben Kingsley | Divulgação

Só com essa última descrição já dá pra imaginar quem são os vilões dessa história, correto? E é aí que entra o personagem mais polêmico e que criou burburinho após o lançamento do filme: Mandarim. Muito se foi falado que o Mandarim seria o principal antagonista de Tony Stark no último capítulo de sua trilogia, porém, para a surpresa de todos, esse nunca foi o Mandarim real e verdadeiro.

Era apenas um ator contratado por Killian para encobrir a sua participação em todos os atentados cometidos pelo grupo que comandava. Sim, por um lado é uma decepção, porém por outro, um alívio, já que a adaptação do personagem da HQ pras telonas não foi lá essas coisas e, alerta de spoiler, muito em breve conheceremos o verdadeiro Mandarim.

Mas voltando, após um ataque que literalmente explode a sua casa em Malibu, Tony é considerado morto pela mídia, porém graças a J.A.R.V.I.S., sua inteligência artificial, Stark é retirado ainda com vida do local e enviado para o Tennessee, onde recentemente ocorreu um dos ataques dos homens de Killian. Lá, ele conhece um garoto deveras inteligente chamado Harley (Ty Simpkins), que o ajuda na investigação e no conserto de sua armadura.

Coisa vai, coisa vem, Tony descobre toda a verdade sobre o Mandarim e sobre os atentados, Pepper é sequestrada e exposta ao vírus Extremis e o embate final entre Stark e Killian acontece com o adicional de mais 40 armaduras voando pelo céu e destruindo tudo.

MCU Thor
Divulgação

Seguindo em frente, o próximo lançamento do Universo Marvel e, sem dúvidas, tão esquecível quanto “O Incrível Hulk”, é a continuação da história do Deus do Trovão. Lançado também em 2013, no dia 01 de novembro, “Thor: O Mundo Sombrio” (Thor: The Dark World, no original) trazia a promessa de explorar ainda mais os Nove Reinos citados no longa de 2011, além de mostrar o que aconteceria com Loki (Tom Hiddleston) após a Batalha de Nova York.

Já começamos o filme conhecendo o pai de Odin (Anthony Hopkins), Bor (Tony Curran), e a ameaça de Malekith (Christopher Eccleston) e seus Elfos Negros que utilizam a energia de um elemento poderoso chamado Éter com o objetivo de trazer a escuridão de volta para o universo. Após a luta e a derrota dos Elfos, Bor sabendo que não conseguiria destruir o elemento, faz com que o Éter seja enterrado nas profundezas de um lugar desconhecido enquanto que Malekith consegue fugir sem ser notado.

Depois de todo esse prelúdio, voltamos ao dias atuais com Thor (Chris Hemsworth) retornando a Asgard após Nova York com Loki algemado e pronto pra ser jogado em uma cela. Com os Nove Reinos em um completo caos, Thor e sua equipe asgardiana tem a missão de trazer de volta a paz a todos os reinos, cessando a guerra entre eles.

De volta a Terra e em uma paisagem bem diferente do deserto do Novo México, encontramos com Jane Foster (Natalie Portman), Darcy Lewis (Kat Dennings) e seu novo estagiário, Ian (Jonathan Howard), em Londres onde um estranho e velho galpão está desafiando as leis da física e onde também Jane acabará sendo basicamente abduzida para um mundo novo e estranho… e adivinhem o que ela vai encontrar lá e acabar sendo possuída por ele? Exatamente. Com um simples aproximar de sua mão, o Éter encontra um novo receptáculo dentro do corpo de Jane Foster.

MCU Thor
Malekith, o vilão de “Thor: O Mundo Sombrio” | Divulgação

Com Jane sumindo do mapa de Heimdall (Idris Elba), rapidamente Thor volta para a Terra em busca da cientista e a encontra mais forte do que o comum. Logo qual seria a atitude mais sensata a se tomar? Isso mesmo. Sem nenhum aviso prévio, Jane é levada por Thor para Asgard, onde ele espera que seus profissionais possam descobrir o que de fato está acontecendo. Após uma rápida manifestação do poder contido em Jane, Odin logo percebe que ela possui o antigo elemento dentro de si, levando todos à preocupação, já que essa seria a confirmação de uma antiga profecia. Com a volta do Éter, retorna também Malekith que deseja recuperar todo o seu antigo poder.

Então, resumindo, Malekith ataca Asgard, mata a mãe de Thor que pede a ajuda de Loki para vingá-la. Como o corpo de Jane não é preparado para conter tanto poder dentro de si, Thor decide levá-la ao Mundo Sombrio onde pretende atrair a atenção dos Elfos para destruir o Éter e Malekith ao mesmo tempo… o que claramente dá errado. Jane está a salvo, porém todos os mundos correm perigo, já que o Éter está em posse dos Elfos Negros novamente.

Tem início a batalha final, Malekith vem para a Terra onde é derrotado, Thor recusa o pedido de Odin de se tornar Rei e Loki que, supostamente havia morrido no Mundo Sombrio, ressurge com uma saúde de cavalo. E agora vem a parte importante dentro desse filme: o final.

Não, não é uma piada. Após os créditos, temos uma cena crucial que oficializa aquilo o que os fãs já especulavam. É revelado que o Éter, assim como o Tesseract (que agora está protegido em Asgard), é uma Joia do Infinito, objeto de extremo poder dentro do Universo Marvel. E para que não ficassem duas joias em um mesmo local, o Éter fica de responsabilidade do “Colecionador”, um personagem que veremos mais adiante.

MCU Capitão América
Divulgação

Seguindo, o terceiro lançamento da Fase 2 também é mais uma sequência, dessa vez, de Steve Rogers. Primeiro filme do MCU dirigido por Anthony e Joe Russo e lançado em 10 de abril de 2014, “Capitão América 2: O Soldado Invernal” (Captain America: The Winter Soldier, no original) traz alguns personagens de volta a ação em um dos considerados melhores filmes de toda a franquia Marvel nos cinemas e, sem dúvidas, com as melhores coreografias de luta.

Steve Rogers (Chris Evans) agora trabalha para a SHIELD e junto com Natasha Romanoff (Scarlett Johansson), a Viúva Negra, está realizando algumas missões a pedido de Nick Fury (Samuel L. Jackson), porém ele não parece estar nem um pouco a vontade com isso já que nem sempre tem conhecimento de tudo o que está acontecendo nos corredores da agência de espionagem. Após sua última missão, Steve confronta Nick que revela ao Capitão o projeto “Insight” que consiste em aeroporta-aviões que devem destruir ameaças antes que elas possam causar qualquer dano. E é a partir daí que toda a intriga começa.

Nick Fury passa a desconfiar de suas próprias convicções e dos planos de Alexander Pierce (Robert Redford), seu superior, para o “Insight” e logo tem a certeza de que algo está muito errado quando é atacado e ferido por diversos policiais e o temido Soldado Invernal (Sebastian Stan). Como ainda não estava quebrado o bastante, Fury ainda é metralhado no apartamento de Steve e, antes que desmaiasse devido aos seus ferimentos, entrega a Rogers um pen drive com informações codificadas e passa o clássico conselho de não confiar em ninguém, pois a SHIELD estava comprometida.

Considerado agora um fugitivo e criminoso por Pierce, o Capitão América precisa agir com cautela e sem chamar atenção para conseguir descobrir tudo o que está acontecendo de fato dentro da SHIELD. Com a ajuda de Natasha, Steve descobre a origem dos dados contidos no pen drive e, juntos, viajam até um campo em Nova Jersey onde Steve Rogers treinava durante a década de 1940.

MCU Capitão América
O Soldado Invernal | Divulgação

Ao chegar, é descoberto que lá foi a primeira base da SHIELD montada por Peggy Carter (Hayley Atwell) e Howard Stark (Dominic Cooper), após o sacrifício que congelou o Capitão América por 70 anos. Também descobrem que lá existe um supercomputador que, apesar de ser extremamente antigo, é compatível com o pen drive deixado por Nick Fury e que Arnim Zola (Toby Jones), que havia ajudado o Caveira Vermelha no passado, agora mantém sua consciência preservada dentro dessa máquina. Nesse momento, Steve e Natasha descobrem que a SHIELD, na realidade, há anos vem sendo controlada por membros e seguidores da HIDRA, sendo a verdadeira responsável por manter o caos ativo no mundo atual.

Com tudo revelado e sem tem pra onde ir, Steve decide fazer uma visita a um novo amigo chamado Sam Wilson (Anthony Mackie), o qual terá uma participação mais ativa a partir de agora na história. Juntos, o trio consegue arrancar informações de um infiltrado e descobrem que o projeto “Insight” foi criado para mapear e exterminar pessoas que possam atrapalhar os planos da HIDRA de dominação global.

Mas ainda está longe dessa ser a última revelação nesse filme. Steve descobre que o Soldado Invernal, na realidade, é seu amigo Bucky Barnes que sobreviveu a queda do trem na década de 40, porém foi vítima de lavagem cerebral além de outros experimentos; o próprio Capitão revela a todos a verdade por trás da SHIELD e, por fim, após um intenso combate com Steve e enquanto os aeroporta-aviões despencam céu abaixo, Bucky tem um breve lampejo de sua real identidade e seu laço com o Capitão América.

E, para fechar, é claro que não poderia faltar as clássicas cenas pós créditos. Dessa vez, conhecemos o Barão Von Strucker (Thomas Kretschmann) que, de posse do cetro de Loki, promete manter a HIDRA a todo vapor e seguir com os experimentos da organização… Mas, dessa vez, em um casal de gêmeos que, mais tarde, descobriremos ter um famoso sobrenome: Maximoff.

MCU Guardiões da Galáxia
Divulgação

Chegamos a metade de segunda fase do Universo Cinematográfico da Marvel, então nada mais justo que o quarto lançamento fosse dedicado a um grupo de personagens completamente novos, os quais se tornariam um sucesso inesperado.

Dirigido por James Gunn e baseado em uma equipe pouco conhecida, chegou aos cinemas no dia 31 de julho de 2014, o filme “Guardiões da Galáxia” (Guardians of the Galaxy, no original). Quem eram, o que faziam, o que comiam ninguém sabia até então, mas bastou tocar a primeira música da trilha sonora com Peter Quill (Chris Pratt) fazendo uma dancinha um tanto quanto ridícula que ficou claro que eles eram o grupo de super hérois que a gente não imaginava que precisava conhecer… até conhecer.

Com uma rápida sequência de inÍcio na Terra, vemos o jovem Peter Quill perder sua mãe e ser misteriosamente sequestrado por uma nave gigantesca. Vinte e seis anos se passam e, em algum lugar muito distante na galáxia, encontramos um Peter já adulto e que faz questão de espalhar por onde for que se chama “Senhor das Estrelas”.

Quill é o responsável por achar a nossa terceira Joia do Infinito dentro de um orbe, o qual também está sendo procurado por Ronan, o Acusador (Lee Pace), um terrorista da raça Kree. Para tomar o orbe do rapaz, Ronan envia Gamora (Zoë Saldaña), a filha de Thanos (lembram dele?), para realizar o serviço, enquanto que sua irmã, Nebulosa (Karen Gillan), permanece com o terrorista em sua nave, ajudando-o.

Então, temos o primeiro encontro dos integrantes da futura equipe no planeta Xandar, quando Gamora encontra Peter Quill tentando vender o orbe e o ataca. Poucos segundos depois se juntam a luta Rocket (Bradley Cooper), um guaxinim geneticamente modificado e Groot (Vin Diesel), uma grande árvore com traços humanoides que também estão atrás de Quill já que foi divulgada uma recompensa para quem conseguisse capturá-lo. No fim, os quatro são capturados pela Tropa Nova e levados para a cadeia onde conhecerão o último membro dos “Guardiões”: Drax, o Destruidor (Dave Bautista).

MCU Guardiões da Galáxia
Ronan, o Acusador | Divulgação

Com certa facilidade, os cinco conseguem escapar da prisão e iniciam uma viagem em direção a Luganenhum, onde vive Taneleer Tivan, o Colecionador (Benicio Del Toro), um contato de Gamora que poderá comprar o poderoso objeto por uma boa quantia, já que ela não pretende entregá-lo a Ronan. Infelizmente as coisas fogem do controle e os Guardiões são atacados pela tropa de Ronan que conseguem levar a Joia do Infinito.

Se unindo ao pirata espacial Yondu (Michael Rooker), que também está interessado no orbe, e todo o seu grupo, os Guardiões voam em direção a Xandar para deter Ronan e lá a batalha acontece. Devido o grande poder da Joia, os Guardiões não conseguem conter o vilão e também perdem Groot no processo, já que ele se sacrifica para salvar toda a equipe da morte eminente.

Como último ato para salvar todo o planeta, Peter Quill tem a brilhante ideia de distrair Ronan com uma dança para que Rocket e Drax possam destruir o martelo do vilão onde a Joia está acoplada, dando a oportunidade ao Senhor das Estrelas de pegar o objeto com as próprias mãos, ação que o teria matado, se todo o poder absorvido não tivesse sua carga dividida entre cada membro da equipe, possibilitando assim, a estabilização do intenso poder da Joia e a destruição de Ronan.

Com o orbe agora em segurança em Xandar e com todos os antecedentes criminais zerados, os Guardiões da Galáxia partem em direção ao universo, encerrando essa divertida história com um Baby Groot crescendo pouco a pouco a partir de um galho do Groot original.

MCU Vingadores Era de Ultron
Divulgação

E agora chegamos a nossa penúltima produção dessa fase do MCU e nela presenciamos a segunda aventura em conjunto dos Vingadores. Lançado em 23 de abril de 2015, “Vingadores: Era de Ultron” (Avengers: Age of Ultron, no original) já inicia com a super equipe invadindo a base de experimentos da HIDRA comandada pelo Barão Von Strucker com o objetivo de recuperar o cetro de Loki. Lá, eles têm o primeiro contato com os irmãos Pietro (Aaron Johnson) e Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen), os “aprimorados” criados pelo Barão.

Com o cetro recuperado, Tony Stark e Bruce Banner (Mark Ruffalo) descobrem que existe uma inteligência artificial, bem maior e mais desenvolvida em comparação com o J.A.R.V.I.S., vivendo no centro do poder e que pode ser utilizado para dar vida a Ultron (James Spader), um projeto de Stark que busca criar uma defesa global. Com o Ultron desperto, J.A.R.V.I.S. é destruído e, após um breve embate com os Vingadores, a I.A. foge com o Cetro de Loki para a base de Strucker onde, além de se encontrar com os irmãos Maximoff (que se unem a ele), também constrói um corpo próprio e um exército de robôs.

Em busca de evolução, Ultron recorre ao traficante Ulysses Klaw (Andy Serkis), o qual tem acesso ao, até então, raro elemento chamado Vibranium, que é o mesmo material contido no escudo do Capitão América. Mesmo com a presença dos Vingadores, Ultron consegue escapar com o elemento graças a Wanda que consegue criar projeções em quase todos os membros da super equipe, deixando inclusive o Hulk descontrolado, sendo necessário que o Homem de Ferro utilize a armadura chamada Verônica para conter a fúria do Gigante Esmeralda.

Com os Vingadores desestabilizados, é chegada a hora de parar e pensar nos próximos passos. Com Ultron conectado a internet, nenhum lugar é seguro e por isso, Clint Barton (Jeremy Renner), o Gavião Arqueiro, cede a sua casa para seus companheiros de equipe que fica localizada em um lugar afastado e, até então, secreto. Intrigado com a projeção que teve, Thor decide ir atrás de Erik Selvig (Stellan Skarsgård) para entender melhor o que acha que pode ter visto, enquanto que os demais membros se unem a Nick Fury para criar um plano que possa deter Ultron.

MCU Vingadores Era de Ultron
Ultron | Divulgação

Indo em direção aos “finalmentes”, Ultron tem seu plano de extinção humana descoberto por Wanda que, junto ao seu irmão, decide começar a ajudar os Vingadores. No meio disso, um novo super herói é criado. Utilizando uma tecnologia de corpo sintético, com parte dos dados contidos em Ultron, um J.A.R.V.I.S. recuperado por Tony Stark e a fonte do poder do Cetro, o qual é revelado ser advindo de mais uma Joia do Infinito, introduzido na região de sua testa, temos o nascimento de “Visão” (Paul Bettany).

Agora é o momento em que tudo acontece e que vai reverberar por alguns anos dentro do MCU: A Batalha de Sokovia. Essa foi a cidade escolhida por Ultron para colocar seu plano em ação e depois de muita luta, robôs explodindo pra tudo quanto é lado e Pietro sendo morto a tiros para salvar o Gavião Arqueiro que resgatava uma criança (nunca irei superar essa morte ridícula dele), vemos parte da cidade ser elevada acima do nível das nuvens e depois cair com uma velocidade astronômica, a qual só não se choca contra a Terra causando uma extinção graças a união do poder do Homem de Ferro e do Thor que conseguem destruí-la em pleno ar.

Com o fim da ameaça e Ultron morto por Visão, Thor retorna a Asgard desejando descobrir o porquê tantas Joias do Infinito tem surgindo em um curto espaço de tempo e uma nova equipe começa a ser treinada na nova base do Vingadores. É importante dizer que o Hulk, após o confronto em Sokovia, decide entrar em uma nave e se exilar em algum lugar do Universo, até então desconhecido. Ahhh e claro, temos na cena pós créditos Thanos (Josh Brolin) afirmando que a partir de agora, ele mesmo irá atrás das Joias do Infinito.

MCU Homem Formiga
Divulgação

Chegamos ao final da Fase 2 com a estréia de mais um novo personagem. Lançado em 16 de julho de 2015, “Homem Formiga” (Ant-Man, no original) nos apresenta Scott Lang (Paul Rudd), um condenado que após 3 anos na cadeia, finalmente ganha a sua liberdade.

Fora da prisão, Scott tenta se reaproximar de sua filha, Cassie (Abby Ryder Fortson), porém o novo marido de sua ex-mulher não facilita em nada para que tal contato aconteça. Enquanto isso na Pym Technologies, Hank Pym (Michael Douglas), o Homem Formiga original, descobre que Darren Cross (Corey Stoll), o atual presidente da empresa, está tentando criar a mesma tecnologia que outrora fora utilizada no traje de Hank, porém com muitos defeitos ainda e nem um pouco adequada para qualquer ser vivo utilizá-la.

A partir dessa descoberta, Hank decide recrutar Scott para que aprenda a utilizar o traje original e possa impedir que Darren consiga sucesso em seu plano, roubando o novo dispositivo de dentro da Pym Technologies. Porém, com todo o prédio fortemente protegido pelos mais diversos sistemas de monitoramento, Hank também encontra ajuda em sua filha e atual braço direito de Cross, Hope van Dyne (Evangeline Lilly), para descobrir uma forma de burlar todo o sistema de proteção.

Com muito treinamento físico e após aprender a fazer com que as formigas obedeçam a suas ordens, Scott tem de fato sua primeira missão oficial utilizando o traje do Homem Formiga: invadir a sede dos Vingadores em Nova York para recuperar um equipamento que pertence a Hank Pym. Pois é… uma baita estréia, não é mesmo? E após um breve embate contra Sam Wilson, o Falcão, Scott retorna para a casa de Pym com o objeto em mãos.

MCU Homem Formiga
O Jaqueta Amarela | Divulgação

Após a missão bem sucedida, Hank decide enfim contar a verdade a Hope sobre o que aconteceu com Janet, sua mãe, que até o momento acreditava estar morta. Para impedir que um míssil russo atingisse o seu alvo, Janet desativou a regulagem de seu traje para diminuir o suficiente para acessar o interior do míssil e desativá-lo por dentro. Porém, com a regulagem desativada, Janet continuou reduzindo até se tornar subatômica e não conseguir mais voltar ao seu tamanho normal, algo que também poderia acontecer a Scott caso ele tentasse alterar esse dispositivo de seu traje.

Com a ajuda de seus parceiros de crime, Scott consegue acessar o prédio da Pym Technologies enquanto Hank e Hope assistem ao anúncio oficial do traje chamado “Jaqueta Amarela”, porém, o que não esperavam era que tudo isso fosse uma armadilha de Cross que já previa que Pym tentaria roubá-lo naquela noite e, agora com os dois trajes ao seu dispor, pretende vendê-los para HIDRA.

Depois de muito tiro, porrada e uma bomba que destrói o prédio da Pym Technologies, Homem Formiga e o Jaqueta Amarela entram em combate, um tentando destruir o traje do outro, saindo vencedor, é claro, Scott Lang, mas não sem antes do próprio dar uma passada pelo Reino Quântico Subatômico, já que foi a única alternativa que encontrou para deter Cross e destruir o traje do Jaqueta Amarela.

Com a volta de Scott de seu tamanho subatômico, Pym percebe que talvez sua esposa ainda possa estar viva e após apresentar um novo traje para Hope, fica explícito que uma nova heroína nascerá dentro do MCU: A Vespa.

MCU Thanos
Thanos e a Manopla do Infinito | Divulgação

Como pudemos ver, essa foi uma fase bem mais movimentada que a anterior não é mesmo? Novos elementos, novos personagens, novas ameaças… o universo está se expandindo e tudo isso para preparar o caminho para aquela que seria a última fase desse grande arco que está sendo construído e desenvolvido calmamente, o qual será finalizado com os próximos 11 filmes.

A verdadeira ameaça desse universo está prestes a entrar em ação e apenas a união de todos os seres da galáxia poderá conter Thanos e sua Manopla do Infinito e proteger o Universo de seu inevitável e doloroso fim. A Fase 3 do Universo Cinematográfico da Marvel está prestes a começar.

Texto Elaborado por Jamerson Nascimento.


Leia Também: Recapitulando o MCU – FASE 1: O início de tudo e a Iniciativa Vingadores

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

3 Comentários

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: