LGBTQIA+ - Nerd Recomenda

Personagens de 3 séries que representam Orgulho LGBTQIA+

Estamos chegando ao final do mês do Orgulho LGBTQIA+ e hoje vou fazer 3 indicações de séries que contam com personagens LGBTQIA+. Algumas delas, se já não viu, pelo menos ouviu falar. 

 

GLEE

Orgulho LGBTQIA+

Uma série juvenil que conta com a história de um professor, interpretado por Matthew Morrison, que resolve comandar um clube de coral de escola, o Glee Club. Os alunos, por sua vez, são “os desajustados” que sofrem bullying ou são mais tímidos, porém com talentos incríveis. 

Dentre esses alunos, temos 4 personagens que aparecem no decorrer das 6 temporadas: Kurt Hummel (Chris Colfer), Brittany Pierce (Heather Morris), Santana Lopéz (Naya Rivera) e Blaine Anderson (Darren Criss) – por ordem de aparição. 

 

 

Euphoria

Orgulho LGBTQIA+

Série que acompanha a vida de Rue (Zendaya), uma adolescente de 17 anos dependente química que acaba de sair da reabilitação. A medida que ela tenta voltar à rotina, percebe que seus colegas de escola também enfrentam os próprios desafios, envolvendo sexo, drogas, traumas e mídias sociais. 

A série conta com alguns personagens que transitam por crises de identidade, outros que não aceitam as identidades – o que retrata bem o preconceito e nos faz questionar o quando a sexualidade do outro nos afeta (o que, no caso, não deveria nos afetar em nenhuma hipótese), além da inserção da personagem Jules, vivida por Hunter Schafer, uma garota transsexual. A série fala sobre a importância em retratar as etapas até a pessoa “se encontrar”.

 

The Orange is The New Black

Orgulho LGBTQIA+
Cena em que a personagem Sophia Burset fora agredida

A série baseia-se na história real de Piper Chapman, uma mulher cuja vida aparentemente perfeita é virada de cabeça para baixo quando deve cumprir pena em um presídio feminino por crime de tráfico de drogas cometido há anos.

Não precisamos falar muito sobre a carga dramática e a representatividade que esta série tem no meio LGBTQIA+, ou melhor, avisamos aos desatentos e alienados?

Além do racismo constante, vemos e aprendemos muito sobre a transfobia com a personagem Sophia Burset, vivida por Laverne Cox e contamos com muito empoderamento feminino e movimentos feministas, na série é retratado como um exemplo positivo de produção que busca diminuir o preconceito.

Estas foram apenas algumas indicações, mas como acompanhou na semana, temos representatividades em outros meios do entretenimento. Acompanhe nossos conteúdos e fique a vontade para nos mandar sugestão de pautas, suas histórias e participar do quadro NR Convida

LEIA TAMBÉM: Cinema Nacional: 7 produções com a temática LGBTQ+

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Um comentário

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: