The Chair - Nerd Recomenda

The Chair – Uma série divertida e com roteiro inteligente

Com apenas seis episódios de 30 minutos cada, The Chair apresenta roteiro inteligente que aborda temas importantes de forma leve e sutil

Com o princípio de ser apenas mais uma produção sobre universidade, The Chair, a nova série da Netflix, sai do comum ao não focar na juventude e mostrar o outro lado, um lado mais maduro ao contar a versão dos professores universitários e seus conflitos.

The Chair
Divulgação

Com apenas uma temporada com seis episódios de 30 minutos cada, acompanhamos Sandra Oh, no papel da professora Ji-Yoon Kim, a primeira mulher não-branca a assumir o cargo de diretora no departamento de letras da universidade de Pembroke, uma renomada universidade que agora está passando por uma crise, principalmente no departamento de inglês onde existe uma baixa no número de matrículas. Como chefe, a nova diretora tem que enfrentar o dilema de levar o seu departamento para os tempos atuais e aproximar as aulas para que atendam as demandas e anseios dos alunos.

Em The Chair vemos o choque de gerações, com professores que não conseguem se adequar aos dias atuais e relutam para continuar apegados aos seus dogmas e preconceitos, enquanto assistimos alunos e novos mestres querendo mudanças e um novo olhar e interpretação para os clássicos da literatura inglesa, discutindo assim o papel do professor e a transformação necessária no modo de ensinar.

Com um roteiro inteligente e sutil, The Chair vai além do conflito de gerações e aborda também outros temas importantes como o machismo, racismo, etarismo (discriminação etária) e cultura do cancelamento.

Sandra Oh está brilhante no papel ao apresentar uma mulher que luta muito pelo seu trabalho, ao mesmo tempo em que a professora Ji-Yoon Kim também mostra o seu lado materno ao apresentar a sua relação com a filha adotiva Ju Ju (Everly Carganilla), mostrando uma Sandra Oh que não estamos acostumados a ver.

Sem grandes reviravoltas e com um ritmo lento em muitos momentos, The Chair traz temas necessários e complexos de forma leve e divertida, valendo a pena dar uma chance para essa nova série da Netflix, que apresenta bons personagens e que merecem uma segunda temporada para aprofundamento da história.

Texto por: Helena Tortorelli


Leia Também: Geektopia traz “Archie Vol. 6” para findar série de HQ que conquistou o público jovem

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais
Facebook Instragram Twitter

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: