49 Days

49 Days – Segurem essa emoção

“E se eu precisasse de você para uma segunda chance, poderia chorar por mim? ”

49 Days é um dorama de 2011 que trabalha em cima da temática de vida após a morte e segundas chances, numa vibe bem parecida com o dorama “Uma Segunda Chance” (digo parecida, mas, no caso, 49 Days veio primeiro). Já fica o convite, se quiser conferir, tem resenha dele aqui no Nerd Recomenda também.

49 Days

Voltando para 49 Days, a história começa com uma Shin Ji-hyun (Nam Gyu-ri), uma jovem que tem tudo, ótima família, riqueza e de casamento marcado (Já seria até o “final feliz”). Todavia Ji-hyun sofre um horrível acidente de carro e acaba em coma.

Como espírito, ela conhece Song Yi-soo (Jung II-woo), um cara que trabalha como “programador”, levando as almas dos mortos para o além. A jovem ganha então uma missão: reunir três lágrimas derramadas por pessoas que realmente a amam (e que não sejam de sua família) em até 49 dias. 

Sabendo que não chegaria longe, Ji-hyun começa a possuir o corpo de Song Yi-kyung (Lee Yo-won) de forma parcial (ou seja, não são 24h), uma jovem que não tem relação direta com a personagem, mas que é mais suscetível a possessão. 

49 Dias e só três lágrimas parecem uma missão fácil, mas como bons consumidores de doramas, sabemos que se tem como dar errado, é porque vai dar errado. Começando pelas pessoas com que Ji-hyun “contaria” para chorarem por ela, dá para sentir o cheiro do interesse e falsidade de longe.

49 Days | Jung Il Woo Amino

Primeiramente palmas para a atriz que fica responsável por interpretar personalidades completamente opostas. Enquanto Yi-kyung é uma jovem bem depressiva, tornando-a um alvo fácil para possessões, a Ji-hyun é o próprio sol de felicidade e positividade. Então você consegue distinguir claramente quando a moça está possuída ou não.

Ao longo da história vamos desenterrando os podres das pessoas que cercavam a Ji-hyun e descobrimos que ela foi traída por duas pessoas em quem ela depositava toda sua confiança (não revelarei quais) e, agora, essas pessoas estão tentando destruir os negócios do seu pai. Então essa acaba se tornando mais uma tarefa na listinha dela, além das três lágrimas.

O romance fica por conta, principalmente, de Han Kang (Jo Hyun-jae), que sempre foi apaixonado pela protagonista, mas como ela estava feliz com o noivo, ele só aceitou. Porém, depois de algumas reviravoltas, ele acaba contratando Yi-kyung para trabalhar em seu restaurante e acaba se interessando pela jovem que está possuída por Ji-hyun (é uma confusão só). Como desenrola esse nó, senhor?

49 Days

Além desse enredo maravilhoso, destaco, também, a trilha sonora do dorama que, por sinal, tem inteirinha no Spotify e Amazon Music! Minhas favoritas, sem dúvida são: “Nothing Happened” do Jung Yeop e “Tears are Falling” do Shin Jae (adoro uma música de fossa).

Como eu mencionei, 49 Days é um dorama de 2011, com 20 episódios no total, e chegou a ser considerado um dos melhores daquele ano. A história ganhou até um remake nas Filipinas, chamado de Pure Love.

Uma curiosidade: o prazo dado a Ji-hyun de 49 dias tem relação direta com Yeongsanjae (Ritos de Pico do Abutre), uma cerimônia budista comum na Coréia do Sul, que é geralmente realizada no 49° dia após a morte de uma pessoa para ajudar sua alma a encontrar o caminho para o Nirvana.

Esse dorama garante um turbilhão de emoções, os sentimentos das personagens refletem os nossos. Só Deus sabe como eu queria esganar aqueles traidores… enfim, mais uma bela recomendação para ver e rever.

LEIA TAMBÉM: CCXP Worlds anuncia Édgar Vivar

Siga o @Nerdrecomenda nas redes sociais

Facebook | Twitter | Instagram

2 Comentários

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: