Feiticeira Escarlate

A Feiticeira Escarlate nos quadrinhos 

Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate, vem ganhando grande destaque no Universo cinematográfico da Marvel pós Ultimato, ganhando uma série solo e agora em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura dividindo tela com Stephen Strange, a jornada da Portadora do Caos, porém diverge um pouco de sua contraparte nos quadrinhos. 

 A Feiticeira Escarlate fez sua estreia nos quadrinhos na revista X-Men 4 de 1964, ao lado de seu irmão Pietro o Mercúrio. Na história, o líder da irmandade de mutantes Magneto, salva os dois irmãos da fúria de uma multidão após Wanda ter acidentalmente colocado fogo em uma casa, se defendendo de uma tentativa de abuso, o ato nobre, porém, apenas serviu de chantagem para Magneto forçar Wanda, e por consequência Pietro, a unir-se a sua Irmandade contra a própria vontade. 

Feiticeira Escarlate
Em sua primeira aparição Wanda teve seu uniforme colorido de verde na capa da revista, para contrastar com Magneto

Após algumas histórias ao lado de Magneto, que havia se revelado como pai de Wanda e Pietro, os dois irmãos se enchem da vilania do mestre do magnetismo contra os X-men e a humanidade, o traem e fogem para os Estados Unidos para fugir do vilão. Mesmo tendo nascido nas histórias dos mutantes, a Feiticeira Escarlate e Mercúrio nunca chegaram a ser X-Men, mesmo ambos tendo sido convidados a ingressar na equipe pelo próprio Ciclope. 

A próxima aparição dos gêmeos acontece após a separação dos Vingadores originais na revista Avengers 16, de março de 1965. Precisando formar uma nova equipe após Homem de Ferro, Vespa e Homem Formiga darem um tempo das atividades heroicas, o Capitão América abre vagas para novos integrantes se juntarem aos heróis mais poderosos da Terra, onde Wanda ao lado de Pietro e do Gavião Arqueiro passam e integrar a super equipe. 

É mesclada as histórias dos Vingadores que Wanda viveu a maior parte de sua própria história, como o casamento com o Visão, o nascimento de seus filhos com o sintozóide, seu treinamento em magia do Caos com a bruxa Agatha Harkness e a polêmica revelação de que seus filhos eram fragmentos da alma demônio Mephisto, e não existiam realmente. A Vingadora, porém, teve algumas histórias separadas do grupo de heróis ao longo desse período quando junto de seu marido Visão, os dois resolvem se mudar para o subúrbio e viver uma vida comum, como na série Wandavision. 

Após o trauma de perder os filhos, os Vingadores aliados com Agatha Harkness apagaram a memória de Wanda para que ela os esquecesse, o que causou os eventos de Vingadores: A Queda, famosa história que traz uma Feiticeira Escarlate debilitada mentalmente após descobrir o que os seus próprios aliados fizeram com ela. 

Feiticeira Escarlate
Inconscientemente Wanda derrotou todos os Vingadores

Wanda sozinha e instável mentalmente consegue derrotar praticamente todos os Vingadores, causando a morte de Scott Lang, Clint Barton e de seu ex-marido, o Visão, criando ilusões tão poderosas quanto realistas. 

Foi apenas após a chegada do Doutor Estranho ao conflito, que os Vingadores descobrem que é Wanda quem está por trás do ataque, partindo então para confrontá-la, porém apenas Stephen Strange é capaz de acalmá-la. Ao fim do confronto Magneto aparece e leva sua filha para a ilha de Genosha. 

Em sequência aos eventos de A Queda, vem a Dinastia M, talvez a mais famosa saga envolvendo a Feiticeira Escarlate e que consolidou erroneamente a fama de “instável” da heroína. 

Após levar sua filha a Genosha, Magneto pede a Charles Xavier que a ajude a reencontrar sua sanidade, Wanda porém está cada vez pior, usando seus poderes de alteração da realidade para fugir de sua situação, o professor X não vendo alternativa para controlar os poderes da Feiticeira Escarlate recomenda aos Vingadores que a matassem, antes que seus poderes causem um estrago ainda maior. 

Antes que os Vingadores cheguem até ela alertada por Mercúrio, Wanda cria uma nova realidade onde os mutantes são a raça dominante com Magneto como líder, e praticamente todos os heróis levam uma vida perfeita, porém, Wolverine é o único que se lembra da antiga realidade e luta para que os outros heróis também se lembrem. 

Feiticeira Escarlate
Ao proferir a frase “Chega de Mutantes” 98% dos mutantes desapareceram

Quando o confronto com Wanda, que recuperou seus filhos, enfim acontece, é quando a Feiticeira Escarlate enfim pronuncia a sua frase mais famosa nos quadrinhos “Chega de mutantes”, e assim praticamente todos os mutantes da Terra desaparecem, junto com Wanda. 

A Feiticeira Escarlate passou um bom tempo sumida das histórias, retornando após bons anos em A Cruzada das Crianças. Na história o jovem Vingador Wiccano, Billy Kaplan, começa a manifestar poderes de alteração da realidade semelhantes aos de Wanda e os Vingadores temendo uma nova ameaça confinam o jovem herói em sua torre. 

Billy acredita piamente que ele e seu meio-irmão Célere, Tommy Shepherd são as reencarnações dos filhos perdidos da Feiticeira Escarlate, os Jovens Vingadores ajudam Billy a escapar e auxiliados por Magneto partem para encontrar Wanda, que está vivendo na Latvéria, sem memórias de seu poder e prestes a se casar com Victor Von Doom, o Dr Destino, que pretende usar os poderes de Wanda em benefício próprio. 

Feiticeira Escarlate
Em “A Cruzadas das Crianças” Wanda descobre que a alma de seus filhos perdidos havia reencarnado em Billy Kaplan e Tommy Shepherd

Billy consegue libertar a Feiticeira das garras de Victor e a heroína parte para consertar os erros que cometeu. 

Após o seu retorno as histórias dos Vingadores, e de trazer os mutantes novamente em Vingadores vs X-Men, Wanda ganha sua própria série solo intitulada “O Caminho das Feiticeiras”, onde é revelado que a mãe de Wanda foi a Feiticeira Escarlate antes dela e gerando um enorme mistério em torno de quem seria o pai da heroína, após a descoberta de que Magneto não era legitimamente seu pai. 

Com o cancelamento da história em 2016, a Feiticeira Escarlate teve destaque em duas histórias recentes, O Julgamento de Magneto, onde Wanda é misteriosamente assassinada durante o Hellfire Gala na ilha mutante de Krakoa, retornando ainda mais poderosa do que já era ao final da saga, e em Darkhold, onde a Feiticeira Escarlate confronta o demônio do caos Chthon e derrota o vilão aprisionando-o em sua própria alma. 

Em Multiverso da Loucura, a Feiticeira Escarlate está no auge de seus poderes no MCU, gerando muita expectativa sobre o que vem a seguir. 


Leia também: A vida depois de Westview: A história de Wanda Maximoff se expande em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário