A Princesa e a Plebeia

A Princesa e a Plebeia: Nova Aventura – Uma História, Três Vanessas Hudgens | Netflix

“A Princesa e a Plebeia: Nova Aventura” e a doçura para o natal, Netflix investe em suas produções natalinas

CCCrítica/CCIndicação] A Princesa e a Plebeia é o melhor filme natalino de todos | ConversaCult

A Netflix tem investido em suas produções natalinas e não vinha errando, até esta sequência de A Princesa e a Plebeia.

Se não bastassem duas personagens interpretadas pela Vanessa Hudgens, como aconteceu no primeiro filme desta sequência, agora vamos encontrar três Vanessas, com três personalidades distintas, embora muito bem estruturadas. Para você que ainda não assistiu o primeiro filme lançado em 2018, vamos à contextualização:

Stacy Denauve (Vanessa Hudgens) é uma confeiteira de Chicago e sempre teve o anseio de participar de uma competição de confeiteiros. Eis que a oportunidade surge quando seu melhor amigo e sócio Kevin Richards (Nick Sagar) a inscreve pra essa competição, para a qual ela acaba sendo selecionada, e ambos agora irão passar alguns dias antes ao natal em Belgravia. O que ela não esperava é que a Duquesa de Montenaro – a noiva do Príncipe Edward (Sam Palladio) – fosse idêntica a ela. Ao se tornarem amigas da forma mais inusitada, elas decidem trocar de lugar e experimentarem a vida uma da outra.

A Princesa e a Plebeia
Cr. Mark Mainz / NETFLIX © 2020

Em “A Princesa e a Plebeia: Nova Aventura” a Duquesa Margarett Delacourt (Vanessa Hudgens) precisa tomar seu lugar como rainha de Montenaro após o falecimento de seu pai. A Duquesa convida seus amigos para a cerimônia, e durante uma festa de recepção a prima Fiona (espantem, Vanessa Hudgens) chega para demonstrar seu interesse em se aproximar da família.

Agora o questionamento: como lidar com três personagens interpretados pela mesma atriz, sem perder a habilidade de diferenciá-los por sua personalidade? Não se preocupe, Vanessa Hudgens soube se adaptar perfeitamente a cada papel de modo a não deixar os espectadores confusos.

O longa tem suas particularidades e muitos momentos fofos, mas ficou um tanto batido com a troca de personagens de novo. O primeiro nós entendemos a necessidade, já que a Duquesa Margaret queria ter uma vida mais simples, dando a oportunidade da Stacy Denauve ter seus dias de princesa. Agora no segundo a troca se dá por causa de conflitos de casais e problemas afetivos que poderiam ser resolvidos de forma mais dialogada.

O diferencial do filme se torna a prima Fiona, que nos trás bons momentos de gargalhada,e fazendo – obviamente – o que já esperávamos, a troca de lugares com sua prima Margaret, que resultará em nenhum sucesso por motivos claros: ela é muito mais despojada e sua fala é mais direta, enquando a Duquesa fala de forma mais fina e delicada.

“A Princesa e a Plebeia: Nova Aventura” não trás muita novidade em relação ao primeiro longa, apenas nos arranca alguns sorrisos, ainda que com muito esforço. A indicação é para que, apenas se assistiu ao primeiro, é legal assistir o segundo para saber o que acontece com a Duquesa Margaret de Montenaro, porque, caso contrário, não agrega muito mais.

Acompanhe o Trailer de “A Princesa e a Plebeia: Nova Aventura” | Netflix:

Leia Também: O Clube Das Babás | série adolescente da Netflix retrata assuntos atuais como diversidade e ativismo

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Um comentário

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: