Brincando com fogo

Brincando com Fogo ou com tentativas de Reality Shows?

Em tempos de quarentena meu consumo de conteúdos de streaming aumentou em diversos gêneros, inclusive com Realitys Shows.

Dessa lista infinita, minha segunda aposta foi Brincando com Fogo (Too Hot to Handie), que além de engraçada foi – principalmente – fraca.

Assim como The Circle, os participantes são liderados por uma assistente de voz, porém muito mais mandona e observadora, chamada Lana. A premissa do Reality Brincando com Fogo é simples: unir um grupo de jovens, bonitos, sarados e gostosos, todos perfeitamente dentro dos padrões estéticos de beleza, por um mês em um ilha. 

Brincando com fogo
Lana – Assistente de Voz | Brincando com fogo

Chegando por lá, começam pensando que poderiam usufruir à vontade e apronta seus maiores desejos sexuais. Férias incríveis numa ilha paradisíaca. Lana – a inteligência artificial, após de 16 horas de avaliação dos usuários, chega para acabar com as brincadeiras e estipular as regras do jogo, sendo a principal delas que não pode haver contato físico de nenhum tipo, nem com o parceiro nem consigo mesmo. Ou seja, sem beijos, carinhos, masturbação, sexo ou – como minha mãe diria – mão naquilo e aquilo na mão. Resultando no prêmio final: R$100.000,00 doláres.

 

De repente, o que poderia ser uma tarefa simples para os participantes em retiro, parece mais uma tortura, já que quando se veem proibidos, é aí que seus desejos sexuais se tornam mais atiçados, tentando-os a quebrar regras. O elenco da primeira temporada parece ter sido escolhido meticulosamente para este Reality, já que os mesmo fazem as regras e condições estipuladas pareçam ser tarefas impossíveis de serem realizadas. Você conseguiria? Porque eles mesmos, não podem responder por si. 

Brincando com fogo
Elenco Brincando com Fogo

Além de testar os limites de seus participantes, o reality Brincando com Fogo aposta na conexão afetiva de seus integrantes que, de forma bem contida, mostra que existe a dificuldade de criar conexões e laços afetivos e relacionamento com as pessoas, no âmbito amoroso ou não. Em diversos momentos podemos ver descontração com a própria assistente de voz Lana, além das provas e das gracinhas que rolam entre os participantes, que se controlam – ou tentam – não infringir nenhuma regra.

 

 

Será que serão capazes de manter intactos os R$100 mil doláres? Nota-se nos primeiros episódios que os participantes não dão muita bola as regras que Lana lhes deu, então ao testarem com apenas 1 beijo, eles perdem R$3 mil, valor que será debitado inúmeras vezes. 

Apesar de um simples Reality, Brincando com fogo é um pouco mais sério do que parece ser, já que, de alguma forma, tenta fazer com que seus participantes mudem a forma como vêem uns aos outros como vêem os outros. Alguns dos episódios contam com frases de auto-ajuda que fazem jus aos coachs de plantão. 

Brincando com Fogo
Cena Brincando com Fogo | Foto: Netflix

Ao longo dos episódios, o reality foi se tornando monótono, já que ele começou “pegando fogo” de fato, deixando a chama acessa no início, mas que foi se diminuindo no meio. Pensem comigo, eles começaram o jogo do 0, com dinheiro ou não, então por que se forçar a reprimir seus desejos por conta de dinheiro?

Tinha jogadores que estavam dispostos a não realizar nenhum feito para evitar os gastos, o que os tornou C-H-A-T-O-S.  Já outros se tornavam engraçados, e até previsíveis, por quebrarem as regras e se entregarem ao jogo. Claro nem tudo é oba-oba, Brincando com Fogo ainda mostra que sim, esses casais viciados em sexo e noites únicas, são capazes de desenvolver conexões mais saudáveis.

Com 8 episódios, Brincando com Fogo parece se sustentar com as mudanças das regras e reviravoltas, seja com as pulseiras que ficam verdes, ou a introdução do quarto isolado para casais, que testam ainda mais os participantes.

Até os momentos finais de quem irá receber o prêmio, ou o que sobrou do prêmio, Brincando com Fogo tira diversos coelhos da cartola e nos deixa na expectativa para o que mais pode acontecer com esse grupo de pessoas.

Acompanhe o trailer de Brincando com Fogo:

 

Brincando com Fogo tem uma premissa muito boa, mas que acaba não sendo muito bem executada. A fórmula do reality show parece ter ficado boiando no mar azul e cristalino onde o programa se passa. Mesmo nessa montanha-russa, um sobe e desce de conteúdo bom (ou não), vale a pena assistir para dar boas risadas e pensar se seria legal para você participar do jogo. O que me diz? Daria conta de ficar 1 mês sem sexo, masturbação, carinhos e auto carícias?

 

LEIA TAMBÉM: Joguei Final Fantasy VII Remake e foi incrível (resenha sem spoilers)

 

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

 

Um comentário

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: