Documentário - Nerd Recomenda

Documentário “Sementes: Mulheres Pretas no Poder” tem mais de 8 mil visualizações em menos de 24 horas

Com estreia online e gratuita, o documentário “Sementes: Mulheres Pretas no Poder” retrata o legado deixado por Marielle Franco e ficará disponível até o dia 30 de setembro

 

“Sementes: Mulheres Pretas no Poder” teve sua estreia de forma online e gratuita no feriado do dia 07 de setembro e já registrou mais de 8 mil visualizações em menos de 24 horas. O longa que é dirigido por Éthel Oliveira e Júlia Mariano, acompanha, escuta e revela quem são algumas das mulheres pretas na política do Brasil, que emergiram após o brutal assassinato da vereadora Marielle Franco.

Documentário “Sementes: Mulheres Pretas no Poder”
Mônica Francisco, Rose Cipriano, Talíria Petrone, Tainá de Paula, Jaqueline Gomes e Renata Souza | Crédito: Fotos de Divulgação

No dia 14/03/2018, no Rio de Janeiro, a vereadora Marielle Franco foi brutalmente executada, porém seu legado foi multiplicado em novas forças políticas femininas, em sua maioria de mulheres pretas e periféricas como ela, que vieram em forma de organização política e anunciaram suas candidaturas para cargos de deputada federal e estadual durante as eleições de 2018. No período das eleições de 2018 ocorreu um aumento de 93% em candidaturas autodeclaradas pretas.

O documentário, produzido com baixo orçamento, foi rodado no Rio de Janeiro, durante o primeiro turno das eleições de 2018 no Brasil, e acompanhou a rotina de seis candidatas: Mônica Francisco, Renata Souza, Talíria Petrone, Rose Cipriano, Tainá de Paula e Jaqueline Gomes, mostrando todo o processo de construção dessas mulheres como figuras públicas, as dificuldades financeiras que foram obrigadas a driblarem, além de trazerem de volta às urnas eleitores desacreditados.

O filme contou com uma equipe majoritariamente feminina e com paridade entre mulheres brancas e pretas. Com a equipe técnica sendo formada por mulheres pretas na direção, roteiro, direção de fotografia e trilha sonora, atribuindo cargos de chefia à estas mulheres,e possibilitou que o olhar do longa fosse representado através das perspectivas de diversas dessas mulheres pretas, assim como as retratadas em frente às câmeras.

Ficou curioso? O documentário pode ser assistido até o dia 30 de setembro de forma online e gratuita no site da distribuidora Embaúba Filmes, ou no canal do Youtube.

Confira o trailer do documentário:

LEIA TAMBÉM: 2 filmes que tentam desbravar os mistérios do abismo submarino

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Twitter Instagram

Um comentário

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: