Doutor Estranho

Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura traz uma nova perspectiva ao MCU

Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura chegou aos cinemas, com novidades estéticas, e sem dúvidas é um dos melhores filmes da Marvel

O mais novo filme da Marvel, Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura chegou aos cinemas, com uma pegada diferente, onde a Marvel chega no limite máximo entre um filme de terror e aventura, onde a fronteira do horror faz uma divisão, até onde pode chegar pela classificação etária.

Com diversas referências aos seus trabalhos anteriores, Sam Raimi coloca sua marca no filme, um dos filmes mais autorais da Marvel. Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura aprofunda o personagem, que está em um processo de mudança, caminhando para ser um dos principais heróis do MCU. Nele Stephen Strange viaja pelo multiverso, conhecendo suas versões alternativas, em busca do livro dos Vishanti, um contraponto do Darkhold. 

Dr Estranho 2

Wanda, a vilã do filme também ganha uma bagagem de experiência, com motivações pessoais, que a transforma em uma grande antagonista, influenciada pelo Darkhold. Wong, também evolui no filme, agora como mago supremo, ganha mais importância nos acontecimentos do filme e talvez até divida o mesmo tempo de tela com Stephen Strange. Wong se tornou um personagem fundamental no MCU, e merece uma aventura solo.

A marca de Sam Raimi é nítida, pela primeira vez, temos claros elementos de terror em um filme do MCU, e ele, com todo sua experiência com filme de terror e herói ( afinal ele dirigiu Evil Dead e o Homem aranha de 2002), alcança o limite nunca visto antes na Marvel. Wanda causa medo, aterrorizante, com todo seu poder ilimitado, Sam Raimi, faz da Feiticeira Escarlate, a maior ameaça no MCU ( sim, maior que o próprio Thanos), disposta a destruir e conquistar multiverso em busca de seu objetivo. Ela realmente causa pânico, e gera medo em suas cenas, sempre acompanhada de um fogo, que devasta o cenário ao seu redor.

Wanda está em busca de América Chavez, uma garota com a habilidade única de abrir portais no multiverso e assim viajar indiscriminadamente através de várias realidades.O diretor coloca uma clara referência ao seu principal filme Evil Dead, na figura do Dr Estranho zumbi. Além disso, as participações especiais são chocantes, e apesar de curtas, abrem possibilidades para o futuro do MCU. O filme tem uma violência bem gráfica, porém com o jogo de câmeras, tudo fica entre linhas, trazendo ambiguidade as cenas mais explícitas.

Doutor Estranho

Um mérito de Raimi, que consegue fazer um filme terror e horror com faixa etária 12 anos. O nome multiverso da loucura se justifica, com cenas insanas, confusões dentro do MCU. Aqui temos uma expansão da mitologia mágica da Marvel, onde aprendemos mais sobre o Darkhold, livro dos Vishanti, feiticeira Escarlate, olho de Agamotho. A magia nunca foi tão explorada no MCU como em Dr Estranho: No Multiverso da Loucura.

A atuação de Elizabeth Olsen é fabulosa. A direção de Raimi, junto com atuação da atriz, faz com que a Feiticeira Escarlate, cause pânico e terror, ela vai em uma escala crescente, até atingir seu ápice de maldade. Benedict Cumberbatch está muito bem, e eleva seu personagem. A direção de Sam Raimi, mistura o horror com tons psicodélico do multiverso.

WandaVision

Temos cenas de ações empolgantes no filme. Logo nos primeiros 10 minutos temos um conflito com um monstro de outra dimensão. E a batalha entre os dois Doutores, é de uma criatividade enorme, usando música atrelado a elementos psicodélicos. Para entender melhor o filme, seria uma boa para telespectador ver também a série Wandavision, porque é quase uma continuação direta da história da Feiticeira Escarlate e dos acontecimentos da série.

Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura é um dos melhores filmes da Marvel, onde Sam Raimi trouxe uma revitalização para o MCU. Em uma nova estética, uma arte sombria somado com o roteiro da fórmula Marvel, faz com que Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura, seja um marco no MCU, e o começo da fase 4, que abre os portões para as Guerras Secretas.


Leia também: Star Wars Day: 5 produções para maratonar no dia 04 de Maio


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

3 Comentários

Deixe seu Comentário