Invencível - Nerd Recomenda

Invencível chegou com tudo

Adaptada da HQ de Robert Kirkman, Invencível estreou na Amazon Prime Vídeo em Março deste ano (2021). A princípio tanto a história quanto a animação parecem bem familiares as outras séries desse nicho de super-heróis que eram tão abundantes na primeira década dos anos 2000. Tudo ia bem como em qualquer outra série do gênero; Mark Grayson é filho do maior super herói da terra e não tinha despertado seus poderes ainda, porém isso logo muda ainda no primeiro episódio e ele começa a ser tutelado pelo pai a como usar seus dons. Seu nome de super herói: Invencível.

“Tudo ia bem. Invencível dá seus primeiros passos”

Então, chegamos ao fim do primeiro episódio mostrando a “liga da justiça” do mundo de Invencível em suas vidas cotidianas sendo chamados por algum alerta urgente, que faz todos se reunirem na base secreta. Eles, os Guardiões Globais, comparecem todos e estranham o fato de que nenhum deles havia feito o chamado, e eis que de repente Omini Man, pai de Mark e “Super Homem” desse mundo, surge atacando os guardiões, e numa batalha extremamente sangrenta e violenta mata a todos.

Acaba o primeiro episódio.

Invencível

No decorrer da série teremos o desenvolvimento de Mark que tenta conciliar sua vida de super-herói com a de adolescente, que envolve escola, amizade e namoro. Paralelamente a trama de Mark, temos Nolan GrayMan, que vem atraindo cada vez mais desconfiança tanto da agência responsável por gerenciar a maioria dos super-heróis quanto de sua esposa Sandra Oh que nota uma mudança na personalidade de Nolan após Mark ter despertado os poderes.

Ironicamente, o herói Invencível que é super forte, praticamente invulnerável e capaz de voar livremente coleciona derrota atrás de derrota pelo decorrer da série, não somente em lutas, mas em todo o tipo de batalhas que o jovem Mark deve travar nos seus anos de adolescente. Alguns personagens até chegam a brincar com Mark pela presunção de seu nome, e ele descobre de forma cada vez mais amarga que as batalhas da vida real são muito mais difíceis e angustiantes do que aparentam ser na TV ou nos quadrinhos.

O crescimento de tensão em Invencível é um dos fatores mais notáveis na direção dessa temporada, podemos ver o próprio nome da série sendo manchado com cada vez mais sangue no início de cada episódio. Tudo culmina em um brutal episódio final em que a verdade sobre Omini Man se revela: Nolan é membro de uma raça que conquista planetas e foi enviado para a terra a fim de enfraquece-la para a invasão. Ele tentar convencer Mark em se unir a ele e abandonar seus laços como humano, ao qual Mark recusa veementemente e tem início a luta entre pai e filho superpoderosos. Nessa luta, Omini Man mostra a gritante diferença de habilidades e experiência entre os dois e brutaliza humanos enquanto lutam para esfregar na cara de Mark o quão irrelevante são os humanos perto dos dois.

Mesmo após apanhar até ficar quase irreconhecível, Invencível permanece leal a suas palavras e Nolan finalmente desiste de quebrar a compaixão do filho. Gritando de frustação diante da situação, entre a vida terráquea a qual se afeiçoou e a eminência irrefreável da invasão de sua raça, Omini Man dispara aos céus e posteriormente é dito ter deixado o sistema solar.

Invencível - Nerd Recomenda

É inevitável que comparações surjam entre essa série e The Boys, também da Amazon Prime Vídeo. Mesmo que ambas sejam séries desconstrutivas sobre a ética de super-heróis, o gosto que ambas deixam na boca já coloca a diferença entre as intenções de ambas a séries. Como alguém que acompanhou atentamente as duas, posso dizer que enquanto The Boys nos dá uma sensação de ausência de esperança constante, com corrupção e ética duvidosa em todos seus personagens, Invencible consegue permitir esse alívio ao espectador de ainda ter personagens de boa índole ao mesmo tempo que prender a respiração de todos em seus momentos mais críticos.

A HQ da qual nasceu essa série é publicada pela Image Comics desde 2003, criada por Robert Kirkman e Cory Walker. Em dado momento Ryan Ottley sucedeu Walker como desenhista. Atualmente Invencible já passou de 100 volumes, disponibilizando ainda muito conteúdo para futuras continuações da série.

By Maurício Pedro


Leia Também: Berserk onde a luz engana e a escuridão é profunda


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Instragram Twitter

%d blogueiros gostam disto: