Encanto

Quais as músicas mais emocionantes de “Encanto”? Confira o nosso ranking!

A animação mais recente da Disney lançou faz mais de um mês no Disney+ e ainda está dando o que falar nas redes sociais. Confira quais são as músicas mais profundas e emocionantes de “Encanto”!

Não é novidade pra ninguém que “Encanto” é um sucesso e que suas músicas estão batendo recordes ao redor do mundo. “Não falamos do Bruno“, por exemplo, ficou quatro semanas consecutivas na primeira posição da parada de singles do Reino Unido – algo inédito no país considerando obras da Disney –, e já tem mais de 200 milhões de visualizações no YouTube somente na versão em inglês. Sendo claramente a música mais aclamada do filme, sua qualidade é inegável: é divertida, charmosa e incrivelmente cômica.

Porém, deixando o charme de lado, quais são as músicas mais emocionantes da animação? Algumas delas aprofundam seus personagens e focam em temas sensíveis que podem despertar uma empatia especial dos espectadores, pois muitas pessoas podem sentir que, mesmo sem superpoderes, vivem em situações semelhantes às dos personagens. Então, em nossa opinião, quais músicas de “Encanto” mais emocionam e tocam corações?

Antes de ver nosso ranking, confira nossa crítica do filme aqui.

8. Colombia, Mi Encanto

Embora com um significado muito bonito de enaltecer a Colômbia e sua cultura, a música “Colombia, Mi Encanto” acaba sendo a que menos toca corações durante o filme, sendo tocada de forma corriqueira durante uma ou outra cena, mas principalmente durante os créditos. É uma ótima música para se ouvir no dia a dia, mas não apresentou o potencial de emocionar durante a história da família Madrigal.

7. Família Madrigal

Falando da família Madrigal, o sétimo lugar fica com a música que introduz o público aos personagens da obra, desde a matriarca da família, a Abuela, até a protagonista da obra, Mirabel. É, sim, uma música divertida, engraçada e bem dançante, mas por ser introdutória, deixa de lado qualquer possibilidade de emocionar o público, que ainda está conhecendo os personagens desta família encantadora.

6. Não Falamos do Bruno

Cá estamos nós com a música de “Encanto” que mais bombou no mundo inteiro. Mas não joguem as pedras em mim ainda!

Como citado anteriormente, a qualidade de “Não Falamos do Bruno” é inegável. Dentre todas, é certamente a que mais gruda na cabeça e a que mais diverte todos que escutam. Desde Pepa contando sobre seu casamento desastroso, mas que, curiosamente, foi a perfeição, até Camilo apresentando seu tio como um “ser abismal que vive no porão” – não quero nem imaginar o quanto o pequeno Antonio não deve ter sido assombrado com essas histórias enquanto crescia –, as únicas lágrimas que a canção traz são lágrimas de risadas, o que faz muito bem, por sinal.

5. Que mais vou fazer?

No primeiro ato do filme, Isabela é certamente uma das personagens que mais irritam o público. Metida, arrogante e que não se importa em jogar sua “vida perfeita” na cara da irmã. Os espectadores só são convidados a realmente conhecer aquela personagem a partir de sua música. “Que mais vou fazer?” mostra que a Isabela cresceu ignorando seus sonhos e vontades, focando apenas na necessidade de ser perfeita e de seguir os padrões exigidos por sua avó. Certamente muita gente se identifica com isso, não?

Quantas pessoas não crescem achando que precisam ser perfeitas? Casam apenas pelos desejos dos pais, fazem a faculdade que os pais pedem, e vivem a vida que os outros querem? Bem, a música que ocupa o quinto lugar no nosso ranking fala exatamente sobre isso!

4. Dos Oruguitas?

Ainda que “Não falamos do Bruno” seja a mais popular, foi a belíssima “Dos Oruguitas” a escolhida para representar o filme no Oscar. A música conta a história de duas lagartas apaixonadas que não tem lugar para morar, mas enfrentam o mundo juntas para construir o próprio futuro. Em uma visão mais ampla, a música não só fala do amor, mas das batalhas que tantas pessoas vivem para encontrar um próprio lar e um futuro próspero. Bastante tocante, não? Se vai ganhar o Oscar, eu já não sei, mas certamente ganhou o coração de muitos espectadores.

3. Vocês

Curiosamente, “Vocês” sempre fica em um dos últimos lugares nos mais diversos rankings que listam as melhores músicas do filme. Nesta, entretanto, fica no Top 3, mas por quê?

“Vocês” traz consigo a conclusão de tudo o que foi apresentado no filme até então. Ver todos os personagens finalmente conseguindo alcançar a felicidade que tanto almejavam é, no mínimo, emocionante. Em seus versos divertidos e viciantes, mostra a importância de uma união verdadeira, honesta e sem cobranças desnecessárias com as pessoas que amamos – uma verdadeira lição para tantas famílias por aí, até porque ninguém é perfeito e tá tudo bem.

Mas, além disso, a música também entrega aquele momento que o público esperava com bastante afinco, quase tanto quanto a protagonista Mirabel. A garota que tanto almejou se sentir parte da família finalmente foi reconhecida, e todos a viram brilhar.

É bom te ver brilhar
E achar o seu lugar
Você tem que enxergar
Você é o nosso dom, pode entrar

2. Só Um Milagre Pode Me Ajudar

A música solo de Mirabel também pode não ser uma das mais populares, mas a emoção que carrega consigo é inevitável. A canção fala sobre toda a tristeza da personagem por não se sentir tão talentosa quanto o resto da família e, pior ainda, não se sentir parte dela. Todos já tivemos algum momento em que não nos sentimos bons o suficiente, seja no trabalho, nos estudos ou até na vida pessoal, se comparando com conhecidos que conseguiram ótimos empregos com tamanha facilidade, ou para um familiar que se mudou para outro país com vinte anos. “Só Um Milagre Pode Me Ajudar” fala sobre isso, buscando uma identificação com tantas pessoas que já passaram por essa situação.

“Eu consigo!
Sei que eu consigo!
Eu só quero que contem comigo!”

1. Estou Nervosa

Bem, finalmente chegamos na música mais profunda de “Encanto”. Dentre as outras opções do Top 3, “Estou Nervosa” certamente é a mais popular.

A música conta os problemas de Luisa, a irmã de Maribel, que sofre a pressão de sempre estar ajudando os membros da família e da vila. Lotada de trabalhos e deveres, as expectativas sobre ela são tão grandes que ela não se permite relaxar, descansar ou aproveitar sua vida. Na letra, a personagem revela que acredita não ser nada sem seu “dom”, como se não fosse nada além de ajudar os outros.

Enquanto às vezes os outros acabam por nos pressionar – como é o caso principal da personagem –, muitas vezes somos nós mesmos que criamos toda essa pressão, nos obrigando a ser melhor dia após dia, seja na profissão, nas notas da escola ou na vida pessoal. As expectativas colocadas em nós, muitas vezes, mais prejudicam do que ajudam, e “Estou Nervosa” é exatamente sobre isso. Mostra, além de tudo isso, que às vezes está tudo bem pedir ajuda, em vez de ser a pessoa que sempre quer ajudar.

Com 90% da população mundial sofrendo de estresse, de acordo com a OMS, uma música que aborda as pressões impostas no dia a dia é, no mínimo, incrivelmente tocante. Assim, a batida contagiante e sua animação estupenda acabam ficando em segundo plano em relação à mensagem tão tocante, profunda e, acima de tudo, real.

Estou nervosa
Eu fico assim, ansiosa, mas tento fingir ser corajosa
Estou nervosa
Ameaça é raivosa, fatal e silenciosa

Gostou? Pra você, qual a música mais tocante do filme? Conta nos comentários!


Leia mais: O ‘Encanto’ da família colombiana na mais nova animação da Disney


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Instragram Twitter

3 Comentários

Deixe seu Comentário