Por que as mulheres matam

Por que as mulheres matam – Simples, porque eles mereceram

Essa não é só uma série de mulheres lunáticas e assassinas separadas pelo tempo

Por que as mulheres matam (Why women kill, no original) é uma minissérie estadunidense de humor negro que aborda problemas da vida a dois, em três décadas diferentes, mas com uma mesma solução final, se livrar do “problema”. A minissérie é dividida em 3 épocas diferentes, com 3 protagonistas diferentes, mas que viveram na mesma mansão.

Década de 60

해연갤 - 남편죽인거야 여자가 뭔 사정이 있었겠지....

Em 1963, Beth Ann Stanton (Ginnifer Goodwin) é uma dona de casa daquelas de filme antigo americano bem clichê. Sua única função é tomar conta da casa e do marido e, por incrível que pareça, ela é feliz com essa rotina.

Ou era, até descobrir que seu marido Rob (Sam Jaeger) a está traindo com uma jovem garçonete, chamada April (Sadie  Calvano), a um tempo.

Beth Ann, ao invés de ir tirar satisfação com o marido, resolve ir conhecer a moça, escondendo sua verdadeira identidade, e acaba virando amiga dessa moça, só para tentar convence-la a desistir desse tipo de relacionamento (mesmo que indiretamente). Ao mesmo tempo, ela vai buscando alternativas para salvar sua relação com o marido.

Década de 80

why women kill on Tumblr

Em 1984, Simone Grove (Lucy Liu) é uma ‘socialite’ americana que adora atenção e luxo, bem no estilo “falem bem ou falem mal, mas falem de mim”. Simone já está em seu terceiro casamento e diante da sociedade são um casal perfeito.

Porém, Simone acaba descobrindo que seu marido Karl (Jack Davenport) é gay e que ele tem se relacionado com outros homens. Com os episódios, ela acaba aceitando esse fato, ao mesmo tempo em que a mesma começa a se relacionar com um rapaz bem mais jovem do que ela, filho de uma amiga.

Saltando para 2019

Taylor Harding (Kirby Howell-Baptiste) é uma advogada bem sucedida que vive um casamento aberto com seu marido Eli (Reid  Scott). Eles têm algumas regras quanto a esse relacionamento aberto, mas tudo certo.

Ce quiz te dira si t'es plus Susan, Bree, Lynette, Gaby, Edie ou Renee

Um belo dia, Taylor leva para casa sua namorada, Jane (Alexandra Daddario), que estava sendo perseguida pelo ex agressivo, quebrando já algumas regras de relacionamento, mas Eli aceita.

Ao longo dos dias, percebemos que Taylor realmente está apaixonada pela Jane e que Eli começa a se interessar por Jane, também. Com isso, o relacionamento aberto dos dois, vira um “trisal” com a Jane. Mas quem é Jane, de fato? Não sabemos até então.

As três histórias vão nos mostrando uma série de eventos que começa com a infidelidade em cada casamento e terminam com a morte de alguém, pelas mãos da protagonista, dentro daquela mansão (e isso não conta como spoiler, o próprio título sugere esse fim).

O formato dos episódios funciona de forma que vamos indo e vindo entre as três décadas, entre as três histórias. Vale um adendo aqui, as transições do último episódio, a sacada genial de mostrar os três acontecimentos juntos na mesma casa foi incrível, mas eu vou me conter aqui, sem mais spoilers.

Por que as mulheres matam possui 10 episódios, mas já foi renovada para uma segunda temporada (ainda sem data de estreia). A primeira temporada está disponível no Globoplay e é aquele tipo de série que você consegue ver bem rápido, os eventos são rápidos, mas, ao mesmo tempo, ficamos ansiando pelo no momento do assassinato que, por sinal, é bem diferente do que esperamos.

E, para dar aquele gostinho:

Por que as mulheres matam | Exclusivo Globoplay

Por: Letícia Vargas

LEIA TAMBÉM: Shippados – Uma dramédia nacional


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

2 Comentários

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: