protagonista lgbtqia+

11 Recomendações de Livros com Protagonistas LGBTQA+

Aproveitando a pilha para os eventos dessa semana, o Nerd Recomenda chega para te convidar a conhecer histórias incríveis com muita representatividade. Isso mesmo, neste post reunimos vários livros com protagonistas LGBTQA+. Bora saber quais são!

 

PROTAGONISTAS LÉSBICAS

estamos bem livros lgbtqia+

 

Estamos Bem (Nina LaCour)

No último verão, Marin deixou sua casa na Califórnia e se mudou para Nova York. Tudo na tentativa de fugir dos últimos acontecimentos e deixar para trás os fantasmas de sua vida. Ninguém nunca soube o motivo de sua partida. nem sobre a verdade que a destruiu. Agora, Marin está esperando pela visita de sua antiga amiga Mabel (“amiga” entre aspas,porque tá claro que tem um rolinho aí), que virá trazendo parte desse passado doloroso. Estamos bem é um livro delicado e com uma enorme carga sentimental. 

 

 

 

 

protagonistas lgbtqia+

Garotas de Neve e Vidro (Melissa Bashardoust)

Nesse reconto de Branca de Neve, a bruxa má se chama Mina. Ela é filha de um mago cruel por quem teve seu coração arrancado e substituído com um coração de vidro, incapaz de bater apaixonado por ninguém. Assim que chega no castelo da Primavera Branca, ela só tem um objetivo: ganhar o coração do rei, tornar-se rainha, e, quem sabe assim, conhecer o amor. Este rei, é claro, possui uma linda filha chamada Lynet, que é a imagem viva de sua falecida mãe. Após ser indicada como responsável pelos territórios do sul, tomando o lugar da madrasta, tudo leva a crer que as duas se tornarão grandes rivais, e Lynet perderá a única mãe que já conheceu… Mas será que precisa ser assim? 

Onde está o romance lésbico, você me pergunta? Aconselho que você fique de olho nas preferências da nossa princesinha.

 

 

PROTAGONISTAS GAYS

protagonistas lgbtqia+

 

Quinze Dias (Vitor Martins)

As férias de Felipe acabaram de começar, mas contra todos os planos do garoto, sua mãe anuncia que irão hospedar Caio, o garoto vizinho, durante longos 15 dias, enquanto os pais dele estão viajando. O problema aqui é que Caio foi a primeira paixãozinha secreta de Felipe (paixãozinha que não tem cara de ter passado não!), e os próximos dias parecem, de repente, estar jogados em uma montanha russa de emoções. Quinze Dias é um romance LGBT nacional que além de trazer a temática do romance entre dois garotos também aborda assuntos como auto-aceitação e inseguranças pessoais, uma vez que Felipe também lida diariamente com o fato de ser um garoto gordo.

 

 

 

protagonistas lgbtqia+

 

Simon vs a Agenda Homo Sapiens (Becky Albertalli)

É o livro que deu origem ao filme “Com Amor, Simon”, de 2018. Aqui acompanhamos a história de Simon Spier, um garoto de 16 anos que lida bem com o fato de ser homosexual, mas não suporta a ideia de ter que ficar dando explicações pra todo mundo. Por quê, afinal, só quem não é hétero tem que “sair do armário?”. A única pessoa com quem Simon se sente à vontade para conversar sobre sua sexualidade é Blue, seu correspondente anônimo com quem troca e-mails. Só o que Simon sabe sobre Blue é que ele também é um garoto gay e que estuda na sua escola. Ah, ele também sabe que está apaixonado por Blue (isso é importante kkkk). Vítima de uma inesperada chantagem, Simon corre o risco de ter seus email expostos ao mesmo tempo em que resolve que vai tentar descobrir a identidade do seu correspondente anônimo.

 

PROTAGONISTAS BISSEXUAIS

protagonista lgbtqia+

 

Carry On: A Ascensão e Queda de Simon Snow (Rainbow Rowell)

Uma das rainhas do romance jovem atual trouxe, para grande felicidade dos fãs de “Fangirl”, a aguardada história de Simon Snow, um bruxo que estuda na escola de magia de Watford,  na Inglaterra. Numa ambientação que provavelmente agradará os fãs de Harry Potter, acompanhamos Simon, o pior Escolhido que uma profecia poderia escolher. Os dias sendo poderoso porém desastroso não são fáceis para Simon, mas esse ano está pior ainda! Seu mentor o evita, sua namorada termina com ele, e uma entidade tem vagado por aí usando seu rosto. Pra piorar, Baz, seu antagonista e colega de quarto, está desaparecido e provavelmente arquitetando algo maligno contra ele. Como todos os livros de Rainbow Rowell, esperem uma leitura rápida e um romance super gostosinho.

 

 

 

protagonista - Nerd Recomenda

Minha Versão de Você (Chritina Lauren)

Depois de lindos anos vivendo libertamente como bissexual, Tanner Scott é obrigado a se mudar para uma cidade repleta mórmons, obrigando o garoto a voltar para o armário. Tanner não vê a hora de terminar o colegial e se mudar para longe dessa cidade. Mas pouco antes de terminá-lo, sua melhor amiga o desafia a participar, junto com ela, de uma disciplina de escrita, que tem como objetivo fazer seus alunos escreverem um livro em 4 meses. É lá que Tanner conhece Sebastian Brother, orientador da turma e um prodígio mórmon. Esses quatro meses se tornam tempo suficiente para que Tanner se apaixone perdidamente por Sebastian, num amor que não tem como ser correspondido. E já que é pra ser assim, ele decide que o livro que irá escrever é uma história na qual os dois poderão se apaixonar e ficar juntos. Mas como ele vai mostrar isso para o orientador da turma quando o livro finalmente fica pronto?? Minha Versão é um romance adolescente que aborda questões como identidade, sexualidade, além do conflito entre o que somos e o que os outros esperam que sejamos.

 

 

PROTAGONISTAS TRANS

protagonista - Nerd Recomenda

 

George (Alex Gino)

Trata-se de um dos primeiros livros juvenis com personagem transgênero a serem publicados no Brasil. É ainda mais especial por ser escrito pelo ponto de vista de uma criança. Neste livro vamos conhecer George, uma criança que, aos olhos de todos, é um menino. Mas isso não é verdade. George sabe que é uma menina. Quando sua professora anuncia que sua turma da escola irá encenar “A Teia de Charlotte” tudo o que George mais quer é interpretar Charlotte, mas adivinhe… ele não pode, porque é um menino. Com ajuda de sua melhor amiga Kelly, as duas crianças vão armar um plano pra mostrar pra todo mundo que ela pode sim ser a Charlotte, e todos finalmente entenderão quem ela realmente é. Tem como ser mais fofo do que isso? Eu respondo: não tem!

 

 

 

protagonista - Nerd Recomenda

 

 

Apenas uma Garota (Meredith Russo)

Amanda Hardy está prestes a entrar na vida adulta. Tudo o que ela quer é viver uma vida normal, embora ainda não se sinta confortável para criar laços afetivos. Até que um dia ela conhece Grant, um garoto com quem ela não consegue evitar de, aos poucos, permitir que ele entre em sua vida. Ao mesmo tempo em que Amanda se sente impelida a se abrir com Grant, ela tem medo do que pode acontecer se ele souber a verdade. O segredo de Amanda é que um dia ela já foi um menino. Em seu romance de estréia, Meredith Russo retrata uma história baseada nas próprias experiências, trabalhando questões complexas de forma esperançosa enquanto fala sobre amizade e auto-aceitação.

 

 

 

PROTAGONISTAS ASSEXUAIS

 

protagonista - Nerd Recomenda

 

Tash e Tolstói (Kathryn Ormsbee)

Natasha (Tash, para os íntimos) tão apaixonada por histórias clássicas e a obra de Liev Tolstói que produz, junto de sua amiga Jack, uma websérie para o Youtube baseada em Anna Kariênina, um livro do escritor. O que Tash não esperava é que a websérie seria um verdadeiro sucesso de audiência! O crescimento do canal e a indicação da sua produção para o prêmio do Tuba Dourada, é a primeira chance que ela tem na vida de conhecer Thom, o youtuber de quem ela sempre foi a fim. Agora, só falta a coragem de aproveitar o evento para conhecer melhor o garoto, se aproximar dele… e contar para Thom que ela é uma assexual romântica, ou seja, que ela se interessa romanticamente por garotos mas não sente nenhuma atração sexual por eles. O que Tash mais quer saber agora é: o que Tolstói faria?

 

 

 

protagonista - Nerd Recomenda

A Lady’s Guide to Petticoats and Piracy (Mackenzi Lee)

Com um título que pode ser traduzido como O Guia da Dama para Anáguas e Pirataria, o livro apresenta a história de Felicity Montague, personagem secundário do livro O Guia do Cavaleiro para o Vício e a Virtude (que por acaso tem um protagonista bissexual, só pra vocês saberem). Ambientado na Inglaterra no começo da revolução industrial, a história nos apresenta uma Felicity que só tem dois objetivos: evitar uma proposta de matrimônio que a persegue e entrar para a escola de medicina. No entanto, seu intelecto e paixão nunca serão suficientes para os administradores da universidade, que acreditam que apenas os homens são capazes de fazer ciência. Quando a oportunidade de conhecer um renomado médico aparece, Felicity não vai largar essa chance. Mas para ter dinheiro suficiente para viajar até a casa desse homem, Felicity deve concordar em viajar com uma misteriosa mulher que a seguirá disfarçada de empregada. O que essa mulher está armando, não sabemos. Mas sabemos que a editora Galera Record já comprou os direitos da obra e, até recentemente, prometia um lançamento em português para ainda esse ano.

 

 

PROTAGONISTAS BI/PANSEXUAIS

 

protagonista - Nerd Recomenda

Magnus Chace e os Deuses de Asgard (Rick Riordan)

Conhecido pelos seus livros infanto-juvenis com deuses mitológicos, dessa vez Rick Riodan cria a história de Magnus, um garoto que foi morar nas ruas após perder sua mãe. Quando o garoto é levado a invadir a casa de seu tio Randolph atrás de algumas respostas, o garoto acaba confrontado pelo tio, que começa a contar uma história louquíssima envolvendo deuses nórdicos e uma espada perdida há muitos e muitos anos. Numa encrenca que fica mais perigosa a cada segundo, Magnus acaba se colocando numa situação sem escapatória e… morre. Mas pera? Ele morreu? Mas que lugar é esse em que foi parar, e por que ele só se lembra de algo sobre uma espada falante e garotas voadoras? E agora ele faz parte de uma profecia que decidirá o destino dos nove mundos? O quê?? Pois é, uma história doida, típica de Rick Riordan. E sobre a parte da sexualidade do garoto, eu diria pra você dar aquela atençãozinha ao relacionamento que ele desenvolve com Alex, outro personagem que é um show à parte nesse quesito. Por que? Bem, Alex é pansexual e gênero fluido (segura esse forninho!).

 

Sabemos que ainda precisamos trabalhar muuuito para que outros espectros da não-heterossexualidade estejam também representadas na literatura. Por isso, vamos consumir e apoiar sempre que possível a literatura vinda de autores LGBTQA+, e que contenham personagens de diferentes sexualidades!

 

LEIA TAMBÉM: Casamento Sangrento e o terror com brincadeira

 

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

2 Comentários

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: