FromSoftware - Nerd Recomenda

O universo melancólico e apaixonante criado por Hidetaka Miyazaki e a FromSoftware

Chega de conhecer um pouco sobre esses jogos tão geniais da FromSoftware. É hora de conhecer muito

Quem está familiarizado com minhas resenhas sabe que para mim, falar de Dark Souls nunca é demais. Ainda mais no presente momento, em que finalmente saiu o tão aguardado trailer de Elden Ring, o próximo título da aclamada FromSoftware é prometido a ser maior que todos os seus antecessores pelo criador de todos os geniais predecessores da empresa Hidetaka Miyazaki.

Os jogos da série Souls, que vão desde Demon Souls a Dark Souls III são notoriamente marcados pela dificuldade que já os destacava dentre os jogos de sua geração e popularizou um formato de jogo, conhecido como souls-like, que proliferou-se em demais títulos de ação onde habilidade no combate era fator decisivo e mesmo os mais insignificantes inimigos podiam apresentar uma ameaça ao jogador. Esse estilo de ultra jogabilidade se desenvolveu nos seguintes Bloodborne e Sekiro: Shadows Die Twice, que mesmo seguindo uma formula já bem conhecida conseguiram criar suas próprias identidades e meios de matar o jogador (muitas vezes).

Agora que já apresentamos os jogos Souls-like da FromSoftware, foquemos no tema central deste texto: o mundo maravilhoso que conhecemos a cada árdua campanha. Em cada um dos jogos o personagem do jogador começa como um indivíduo irrelevante no mundo em que se passa a história, e isso não é atoa; se uma palavra-chave tivesse que ser escolhida para definir a “lore” de cada título da FromSoftware poderia ser muito bem decadência.

Começando pelo primogênito Demon Souls, que se passa numa terra onde a humanidade foi castigada com o surgimento de um veneno irrevogável e o surgimento de demônios a partir do Antigo, o originador da raça que criou seus servos a fim de devorarem almas humanas para ele, numa tentativa de saciar sua fome infindável. Cinco arquedemônios são seus mais poderosos servos e governam as cinco regiões por onde se passa Demon Souls.

FromSoftware - Nerd Recomenda

Dark Souls ocorre num mundo coberto por névoa surge a primeira chama, um fogo místico no qual seres semi-humanos chamados vazios (hollows no original) encontram as quatro almas dos lordes das chamas que lhes concedem poderes assombrosos. Três desses lordes, sendo Gwin o senhor da luz solar, a Bruxa de Izalith e Nito o primeiro dos mortos se unem para destruir os dragões antigos, seres que existiam inertes no mundo primitivo. Com sua vitória na guerra os lordes tomam o controle do mundo para si. Os lordes prosperam expandindo seus reinos até que uma maldição chamada de Maldição dos Mortos-vivos começa a acometer a humanidade, descendente do esquecido quarto lorde Pigmeu fúrtivo, isso ocorre porque a primeira chama começa a acabar. Numa tentativa de prolongar a era do fogo e tudo o que ele construiu, Gwin realiza uma série de maquinações até chegar ao ponto de se sacrificar para reacender a chama. Inevitavelmente os reinos erguidos pelos lordes começam a ruir, junto com seus fundadores.

FromSoftware - Nerd Recomenda

Em Dark Souls II um homem vem de uma terra distânte para encontrar a terra de Drangleich, que antes era próspera sob o governo do sábio rei Vendrick (sim, isso é familiar a Gwin e seu próprio reino) porém atualmente se encontra devastado pela mesma maldição que surgiu no reinado dos quatro lordes. Drangleich é uma clara repetição de um ciclo, cujo início foi visto em no jogo anterior onde inevitavelmente a primeira chama ira enfraquecer e tudo cairá em ruína até que um indivíduo poderoso o bastante se sacrifique como combustível para alimentar novamente essa chama. Reencarnações dos quatro lordes e fragmentos de escuridão oriundas de eventos em Dark Souls estão presentes por Drangleich e os reinos vizinhos, repetindo o ciclo interminável iniciado por Gwin, o primeiro lorde das cinzas.

FromSoftware - Nerd Recomenda

Dark Souls III ocorre num mundo de cinzas, um mundo já queimado tantas vezes pelo reascender da primeira chama que agora só restam cinzas e nenhum candidato a se tornar lorde das cinzas. Um último esforço em reascender a chama é movido pelo tocar de um sino que desperta antigos lordes e seres conhecidos como inacesos, falhos na tentativa de se tornar lordes das cinzas, para num sacrifício conjunto gerar a força necessária em acender a primeira chama uma vez mais. Todavia, os antigos lordes recusam ao chamado e cabe aos inacesos caça-los, para que com as fagulhas presentes nas cinzas desses lordes possam continuar o ciclo. É em Dark Souls III que é apresentado um final derradeiro para esse ciclo de repetição infinita iniciado no primeiro jogo, onde tanto é possível a ascensão de um senhor dos vazios que trará uma era de trevas quanto a pintura de um novo mundo através do pigmento (sangue) criado da alma negra, aquela que foi conquistada pelo Pigmeu furtivo e compartilhada entre a humanidade incontáveis anos atrás.

FromSoftware - Nerd Recomenda

Bloodborne se passa num mundo completamente diferente dos anteriores, na cidade de Yharnan que lembra a europa do século XVIII onde uma instituição chamada Igreja da cura usa um sangue antigo milagroso para promover a cura para todos as doenças. Eventualmente, esse sangue começa a transformar as pessoas em bestas e caçadores são enviados para elimina-las na calada da noite, porém logo essa doença, chamada de Flagelo da besta, toma conta da cidade e faz até mesmo a igreja colapsar, e o envolvimento dos caçadores com os Eminentes, seres alienígenas transcendentais bem ao estilo Lovecraft, fica mais evidente.

FromSoftware - Nerd Recomenda

O mais recente título lançado pela empresa é Sekiro: Shadows Die Twice, que jogamos na pele de Lobo, um shinobi a serviço de Kuro, o herdeiro divino, um menino que carrega o sangue de uma linhagem antiga capaz de conceder a imortalidade. A trama de Sekiro se passa na terra de Ashina, que tenta se manter independente em meio as guerras que queimavam o Japão no seu período feudal. O atual líder do clã Ashina, Genichiro leva as forças de seu clã a atacarem uma ramificação da família em busca de Kuro pois desejava o poder do sangue do dragão de Kuro para se tornar imortal e proteger Ashina. Lobo é ferido no cumprimento do dever e salvo por um ex-shinobi conhecido como Escultor, que substitui o braço amputado por Genichiro com uma prótese feita por ele, uma das principais ferramentas de Lobo na sua busca em resgatar o mestre. Durante sua jornada, Lobo e Kuro descobrem mais a fundo a origem do sangue do dragão e a pedido de seu mestre o shinobi vai atrás de uma cura para esse poder, o qual Kuro considera uma maldição.

FromSoftware - Nerd Recomenda

Finalmente chegamos em Elden Ring, que retoma a ambientação medieval e expõe notória inspiração na mitologia nórdica. O Elden Ring propriamente dito não é um anel em si, mas uma espécie de magia ou objeto que sustentava a ordem e estabilidade naquele mundo e foi partido. Seis semideuses tomaram para si pedaços dele e agora governam seus reinos independentes, e enquanto assim o mantiverem a estabilidade não retornará.

FromSoftware - Nerd Recomenda

Ufa

Apesar de bem distintos, os jogos de Miyazaki parecem seguir uma discreta linearidade narrativa, quase imperceptível e passível de ser forçada de acordo com alguns, mas que está lá. Em Demons Souls a névoa proliferada pelo demônio Antigo permite que as almas dos humanos sejam coletadas e devoradas por ele; Dark Souls se inicia em um mundo coberto por uma névoa misteriosa que ainda estava (ou foi reduzido a) num estado bem primitivo até o surgimento de um poder do qual os lordes colhem quatro almas extremamente poderosas, e então a névoa é dispersada pelo poder originado da chama e a civilização cresce até Gwin iniciar o ciclo dos lordes das cinzas, onde o mundo é “resetado” constantemente pelo queimar da primeira chama ao ser reacendida até que cheguemos a Dark Souls III onde só restam cinzas de tanto se queimar tudo. De Dark Souls só existem três alternativas: a ascensão do senhor dos vazios e a era das trevas, a pintura do novo mundo com o sangue que contém a alma negra ou a continuação do ciclo, sendo que essa última eventualmente levará a uma das duas primeiras. Bloodborne se passa num mundo onde sangue é poder, está conectado aos deuses Eminentes e também a maldição das bestas, e sua conclusão leva ao rompimento da barreira entre humanos e Eminentes. Na história de Sekiro o sangue ligado ao místico Dragão Divino ainda possui capacidades milagrosas e elementos espirituais estão presentes de forma extremamente naturais a este mundo, como a Grande Serpente cujo tamanho é absurdo e seres imortais que só podem ser findados por espadas especiais.

Isso tudo leva a conclusão do que se pode esperar em Elden Ring, um mundo dividido em seis que certamente será atormentado pela instabilidade causada com a quebra do Elden Ring, onde espíritos e artes mágicas estarão mais presentes junto do jogador do que em qualquer título anterior. Ademais isso, só podemos aguardar.

Hidetaka Miyazaki, from FromSoftware

Nascido em 1975, Hidetaka Miyazaki entrou para a FromSoftware em 2004 como game designer da série de jogos Armored Core. Seus trabalhos mais notáveis são a aclamada série Souls, além dos demais títulos citados anteriormente, notáveis pela dificuldade mais elevada e a maneira imersiva de contar suas histórias pelo decorrer do gameplay.

By Maurício Pedro


Leia também: O inimigo do mundo – Tormenta e o RPG no Brasil


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: