Atari - Nerd Recomenda

Ano nos Games: 1983 – Atari e crise dos games

Monopólio da Atari e surgimento da Nintendo – 1983 foi um ano movimentado para os videogames

 

Em 1983 o mundo era completamente diferente. A Guerra Fria ainda ocorria e a ditadura no Brasil estava chegando ao fim. Na época, a tecnologia se resumia às televisões de tubo, LPs, toca fitas e aparelhos de VHS para assistir filmes. 

Atari - Nerd Recomenda
atari vs nintendo

Para o mercado dos games, o ano de 1983 foi muito importante, já que a indústria de jogos estava engatinhando, afinal, era apenas o começo. Essa talvez foi a época mais conturbado e revolucionário no mundo dos jogos eletrônicos.

Para falar do começo da década de 80, vamos revisitar dezembro de 1982, quando foi lançado, o que é conhecido como pior jogo de todos – o game do filme E.T. Como longa foi um sucesso de bilheterias se esperava muito desse game. O jogo do E.T foi tão mal recebido, sendo a gota d’água da credibilidade da Atari.

O mercado de games já estava abalado devido a fatores como pirataria. A Atari tinha o monopólio de videogames pessoais, porém devido ao preço elevado, começou a surgir cópias alternativas do console, com cartuchos que rodavam normalmente nos dispositivos originais, retirando milhões de dólares da empresa. 

Pacman Atari
Pacman no Atari

Outro fator foi a tentativa ambiciosa de emular os arcades, como a Atari, que tentou emular alguns games, mesmo tendo o hardware inferior às máquinas. O caso mais famoso foi do Pac-Man, um sucessoda época, mas com a versão da Atari saiu com bugs e cheia de defeitos,  não se parecendo em nada com o original.

A ambição era tão grande que a Atari encomendou cerca de 10 milhões de cópias do Pacman, mas vendeu apenas 5 milhões. A partir daí, a confiança do público estava em queda, indo às ruínas quando E.T. foi lançado. A arrogância da empresa criou uma bolha dentro da indústria de games, que tinha milhões de consoles e cartuchos em estoque parado,  gerando um grande prejuízo.

O último fator que abalou o mercado dos jogos foi a popularização dos computadores pessoais, que prometiam fazer tudo o que um videogame era capaz e muito mais, sendo possível jogar, trabalhar, estudar, fazer planilhas entre outras coisas.

Esse cenário descrito foi o início do fim da Atari, que entrou em uma crise. Como a empresa tinha o monopólio dos videogames pessoais, unidos a esses problemas, seu valor e o dos consoles entraram em xeque, criando um cenário que levava quase ao fim dosjogos eletrônicos.

Atari - Nerd Recomenda“É  na crise que surgem grandes oportunidades”, uma frase clichê, mas que no contexto de 1983 fez muito sentido, levando uma empresa a ver essa oportunidade e criar seus próprios consoles. Assim nasce o Famicom, conhecido como Nintendinho, ou apenas NES.

A Nintendo já produzia games para os arcades, como Donkey Kong(1981), mas com o lançamento de seus videogames pessoais, seu mercado se expandiu. Para se desvincular da crise presente na época, o Famicom foi vendido como um brinquedo para crianças. Nesse primeiro ano, surgiu uma revolução no mundo dos games, dando início a era de 16 bits.

Em 1983 surgiu o ícone dos videogames, Mario Bros., o primeiro game do nome. O jogo do Mario era bem diferente do que conhecemos hoje, sendo um game de plataforma, onde o objetivo é pular e eliminar seus inimigos. Porém, a primeira aparição do Mario Bros foi em Donkey Kong (1981), sendo o encanador bigodudo o grande protagonista.

Falando em Donkey Kong, o game de arcade ganhou um porte para o NES (Famicom), além de uma sequência cahamada Donkey Kong 3. 

Famicom foi um marco para os videogames, onde títulos como Bomberman, Worms e Punch fizeram sua estreia.  Outras séries tiveram grandes continuações, como Pac-man, que teve em 1983 Pac-man Jr. Flight Simulator II, e Donkey Kong, com Donkey Kong Jr. Math.

O conturbado ano de 1983 foi marcado por problemas e revolução a partir da queda da Atari, que, apesar de ter tido um império na indústria dos games, quase faliu o mercado. Porém, ao mesmo tempo, nasceu a ascensão da Nintendo com seu primeiro videogame, o Famicom, fazendo aparecer franquias que transformaram os jogos eletrônicos.

Se gostou da matérias, você pode ler o primeira desse especial, “Ano nos Game”: 2005 – ascensão do Playstation.

 

Leia Também: Gui Brumatti integra o elenco do filme “A Garota Invisível”

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

 

 

3 Comentários

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: