Bom Dia Verônica

“Bom dia, Verônica” – Primeiras Impressões | Netflix

“Bom Dia, Verônica”, produção brasileira da Netflix, estreia na próxima quarta (01) e traz relatos parecidos com a minissérie “Inacreditável”, também produção do streaming

Bom Dia Verônica

Para você que não assistiu a minissérie “Inacreditável”, ela relata casos de meninas e mulheres jovens, abusadas sexualmente por um homem que, quando se reportam à polícia em busca de ajuda, acabam sendo completamente ignoradas. A situação muda apenas quando duas policiais investigativas decidem em ir busca de justiça e descobrem quem e por que o criminoso comete os abusos.

Em “Bom Dia, Verônica” não é tão diferente, seondo o contexto o mesmo: mulheres vão em busca de justiça, mas são completamente ignoradas por aqueles que prometem segurança e conforto para a sociedade.

Na série, após serem atraídas por um perfil sedutor em site de relacionamentos, as mulheres são sedadas pela famosa droga “Boa Noite Cinderela” e tem todos seus pertences roubados, inclusive sua intimidade, já que o suspeito tira fotos polaroides e as vende. Junto a este caso, ocorre de modo paralelo um outro, de uma mulher coagida por marido para cometer crimes horrendos, mas que são apagados por sua posição na polícia.  Crimes reais e ficção parecem se unir em uma só história.

Bom dia Verônica é baseada no livro de Raphael Montes e Ilana Casoy, cheio de mistérios e suspense. Tanto o livro como a série me deixaram – mais uma vez – horrizada como a polícia e as mulheres são vistas e tratadas pela sociedade, e não apenas pelo homem. O livro, lançado pela editora DarkSide Books, é repleto de detalhes que nos deixa tão conectados com as histórias, dando até mesmo arrepios.

Bom dia Verônica

Quanto a produção da Netflix, que tive a oportunidade de ler ao livro anteriormente a série, posso garantir que neste caso a série coloca alguns fatos bem rapidamente e não nos prende tanto quanto a leitura,  já que em três episódios acontecem mais coisas do que precisaria acontecer. Como sempre – e mais uma vez – foi comprovado que a leitura é sempre melhor que a série.  Eu apostaria que uma minissérie cairia perfeitamente bem no caso de “Bom Dia, Verônica”, até mesmo episódios mais elaborados e com mais suspense.

Não que eu esperasse mais da série, está incrível. Entretanto, o modo como o desenrolar da história está sendo direcionada não vem me agradando e pode ser que eu mude completamente de opinião ao terminar, mas ainda sinto que essa correria poderá afetar de algum modo em como essa temporada irá terminar.

Trailer de “Bom Dia, Verônica”:

O elenco conta com Tainá Müller (Verônica Torres), Eduardo Moscovis (Cláudio Brandão), Camila Morgado (Janete), Antonio Grassi (Wilson Carvana), Elisa Volpato (Anita), entre outros. Personagens fortes e bem estruturados, atuações medianas e com potencial a serem mais do que o que nos entregaram.

Leia Também: “Como Ela Faz?” documentário sobre equidade de gênero, é premiado nos Estados Unidos

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

2 Comentários

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: