Filmes Constantine Jumper

Filmes Únicos Que Mereciam Continuações

Que tal falarmos um pouco sobre “Constantine” e “Jumper”?

Estamos no início dos anos 2000 e, nesta época, presenciamos o nascimento de diversas franquias de sucesso. Apenas citando algumas, nos anos 2000 tivemos o lançamento do primeiro filme do famoso grupo de mutantes da Marvel Comics, “X-men: O Filme“. No ano seguinte, chegou às telonas a adaptação de “Harry Potter e a Pedra Filosofal“, dando o pontapé inicial para uma das franquias de maior sucesso do cinema até os dias atuais e também foi lançado o imã para Oscars chamado “O Senhor dos Anéis“. E em 2002, tivemos o começo da trilogia de Sam Raimi que trazia Tobey Maguire no papel de Peter Parker, o “Homem Aranha“.

Mas, como bem sabemos, o cinema não sobrevive apenas de franquias e também tivemos algumas outras produções que se tornariam verdadeiros clássicos nos anos seguintes. Quem até hoje não bate a cabeça para tentar entender o que aconteceu em “Donnie Darko“, filme com Jake Gyllenhaal e Drew Barrymore? E certeza que você ainda lembra qual é o conceito de Ohana apresentado na animação “Lilo & Stitch” dos estúdios Disney. E claro que o Brasil também não poderia ficar fora dessa, uma vez que levou a “Cidade de Deus” mundo a fora, deixando também a nossa marca na história do Cinema.

Mas dentre esses grandes e incomparáveis sucessos, nesta mesma época também surgiram alguns outros filmes mais modestos, por vezes duramente criticados pelos especialistas e até mesmo esquecíveis. Hoje vamos falar de dois desses filmes que, ao meu ver, apesar de seus erros, mereciam uma segunda chance de mostrar seus potenciais.

Para começar, vamos para o ano de 2005 onde Keanu Reeves interpretaria um personagem baseado nas HQs do selo Vertigo da DC Comics que, sem dúvidas, marcaria a sua carreira dali pra frente.

Filmes Constantine
Divulgação

Dirigido por Francis Lawrence, “Constantine” nos apresenta John Constantine (Keanu Reeves), um homem que está em estágio avançado de câncer no pulmão por fumar cerca de 30 cigarros por dia desde os 15 anos. Mas, além disso, Constantine também passa seus dias lutando e devolvendo demônios ao Inferno numa tentativa de conseguir o seu lugar no Paraíso.

E é assim que seu caminho acaba cruzando com o da policial Angela Dodson (Rachel Weisz) que pede ajuda ao rapaz após descobrir que sua irmã gêmea, Isabel, faleceu. A policial acredita cegamente que sua irmã foi assassinada, porém todos os sinais apontam que Isabel, na realidade, cometera suicídio e, conforme Angela e Constantine vão se aprofundando nas investigações, percebem que algo muito pior está por trás da morte de Isabel.

Filmes Constantine
Divulgação

O longa que possui cerca de 2 horas de duração, e apesar de ser considerado arrastado, apresenta alguns conceitos interessantes como a Lança do Destino e a existência de uma bíblia demoníaca, contendo passagens adicionais que a bíblia sagrada não possui. A produção também entrega ótimos efeitos visuais, além da atuação incrível de Tilda Swinton como o anjo Gabriel.

Apesar de conter um enredo bem fechado, com inicio, meio e fim, acho que seria interessante acompanhar uma nova aventura de Keanu Reeves como John Constantine nas telonas, talvez explorando um pouco mais de como foi o início de suas atividades ou até mesmo como ele passou a lidar com a própria vida após a resolução do primeiro filme pois uma coisa é fato, o que não falta é assunto para se abordar dentro desse universo já que o Céu e o Inferno sempre estarão em conflito se depender de Hollywood.

O segundo filme que vou citar hoje, coleciona mais críticas negativas do que positivas e trouxe Hayden Christensen no papel principal, após sua participação em “Star Wars” como Anakin Skywalker.

Filmes Jumper
Divulgação

Jumper” estreou nos cinemas em 2008 e conta a história de David Rice (Hayden Christensen), um rapaz que descobre ser um teletransportador ainda na adolescência. Os anos passam e David continua utilizando sua habilidade sem muita discrição quando, em determinado momento, além de conhecer outra pessoa com a mesma habilidade que a sua, também descobre ser caçado por uma entidade chamada de “Paladinos” que buscam exterminar todos os Jumpers da Terra.

Além de Hayden, o filme conta com nomes como Rachel Bilson, Jamie Bell e Samuel L. Jackson no elenco, Simon Kinberg (conhecido pelo seu trabalho na franquia “X-Men”) na produção e roteiro e, diferente de Constantine, esse longa não chega a possuir nem 1h e meia de duração. Devido a isso muitas coisas não ficaram bem explicadas, sendo este o principal motivo que considero necessário uma continuação.

Filmes Jumper
Divulgação

Este universo teve uma boa introdução aqui, mas o potencial para expansão é muito grande. Por exemplo, quão grandes são os níveis de poder do Paladinos em relação ao das autoridades que já conhecemos como a C.I.A. e o F.B.I.? Qual seria o destino de Mary Rice (Diane Lane) após a descoberta de Roland (Samuel L. Jackson)? E como surgiram os Jumpers e como essa habilidade é “adquirida”? Todos os Jumpers possuem os mesmos poderes ou alguns são mais especiais que outros?

Essas são algumas das muitas perguntas que “Jumper” deixou em aberto e, apesar do protagonista e do próprio diretor Doug Liman ter dado entrevistas afirmando que essa história poderia ser estendida por mais dois filmes, eles nunca aconteceram de fato.

É verdade que, as vezes, o melhor mesmo é parar no primeiro para evitar piorar algo que já está complicado, mas se pararmos para pensar por outro lado também, quantas milhões de sequências desnecessárias Hollywood já produziu e, em sua maioria, de qualidade duvidosa, não é mesmo? Só de filmes de terror conseguimos listar inúmeros títulos. Então acho que seria justo também que, nesses dois casos citados hoje, uma nova aventura fosse produzida e que seria bem-vinda para conquistar novamente o público e dessa vez, quem sabe, a crítica também.

Texto Elaborado por Jamerson Nascimento.


Leia Também: Love Victor – 2ª Temporada: Menos Medo, Mais Amor


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário