Hayao Miyazaki

Hayao Miyazaki – animações que deixam um legado Parte 2

Continuação da lista de filmes de Hayao Miyazaki

Hayao Miyazaki é o cofundador dos estúdios Ghibli e responsável por uma coletânea de obras atemporais que nos transmitem valores sobre a vida e a natureza, além de valorizar a figura feminina.

“Eu acredito no poder da história. Acredito que as histórias têm um papel importante a desempenhar na formação do ser humano, que podem estimular, surpreender e inspirar seus ouvintes.”, Hayao Miyazaki

Seguindo a continuação da listinha de filmes dirigidos por Hayao Miyazaki que postamos aqui no site (parte 1), trazemos a parte 2, com outras grandes obras para todo o público:

  1.   Princesa Mononoke (“Mononoke Hime”, em jp)

O filme estreou em 1997 e se passa num Japão da era muromachi. A aldeia de Ashitaka foi invadida por um demônio e um príncipe decide enfrentá-lo, mas, ao matá-lo, ele fere o braço e acaba contraindo uma maldição que vai corroer o príncipe pelo ódio, até se tornar um demônio também.

Film Facts Friend — 5 facts about Princess Mononoke 1) In Japanese...

Começa então, a jornada do príncipe Ashitaka em busca da cura, enfrentando vários perrengues, além de conhecer homens que querem destruir a floresta proibida e a princesa Mononoke.

Diferente do que se espera pelo título, a princesa Mononoke não é a protagonista desta história, mas sua importância como personagem fica no mesmo nível do protagonista. Mononoke foi criada por lobos e nutri um ódio pela raça humana, ela é defensora dos espíritos da floresta. Só depois de seu encontro com Ashitaka, ela percebe que ainda é uma humana, conseguindo entender os “dois lados da moeda”.

Princesa Mononoke é um filme cheio de críticas e representantes femininas, como as mulheres da Ilha de Ferro que são as responsáveis pela fabricação de armas e lutam por sua terra.

  1.   A Viagem de Chihiro (“Sen to Chihiro no Kamikakushi”, em jp)

De 2001, A Viagem de Chihiro é um dos filmes mais aclamados pela crítica internacional, tendo ganhado o Oscar de melhor animação em 2003 e sendo a primeira e única produção que não tem o inglês como língua original a ganhar a categoria.

Confira 6 curiosidades da animação A Viagem de Chihiro

Na história, acompanhamos Ogino Chihiro, uma menina de 10 anos que se muda de cidade com sua família. No meio do caminho, seu pai decide seguir por um atalho, se perde e acaba parando na frente de um túnel. Todos entram no túnel (Chihiro não queria, mas foi também, né) e começam a explorar um povoado abandonado que encontram do outro lado.

Algumas coisas acontecem e Chihiro se separa de seus pais, e se vê obrigada a trabalhar numa casa de banhos, se quiser escapar daquele mundo e salvar sua família que foi enfeitiçada e transformada em porcos.

  1. O Castelo Animado (“Howl no Ugoku Shiro”, em jp)

Esse aqui ganhou até uma resenha só para ele no nerd (O Castelo Animado de Diana Wynne Jones). Lançado em 2004, o filme chegou a ser indicado ao Oscar de melhor animação em 2006, mas não levou a estatueta.

howl's moving castle studio ghibli ghibli Sophie Howl Calcifer Howl no Ugoku Shiro studioghibligif trashcanedits ghibli:gif ghibli:1000 howl:gif howl:1000 juhzou •

Ainda assim, tornou-se um dos filmes japoneses mais bem-sucedidos financeiramente da história.

Na história, Sophie Hatter estava lá cuidando da vida dela, quando a bruxa das terras desoladas apareceu em sua loja de chapéus (do nada) e a transforma em uma senhora idosa.

Dessa forma, Sophie vai embora de sua cidade e, sem ter onde se abrigar, acaba entrando no castelo do mago Howl Jenkin, famoso por roubar corações das moças que encontra pelo caminho. Depois disso, Sophie passa a morar no castelo, trabalhando como faxineira e descobrindo, aos poucos, os segredos do mago.

  1. Ponyo (“Gake no ue no Ponyo”, em jp)

Ponyo é de 2008 e foi bastante comparado, de forma positiva, com Meu Amigo Totoro, por sua temática mais simples e lúdica, com uma estética mais infantil.

Sosuke & Ponyo - Ponyo - Uma Amizade Que Veio Do Mar | Ponyo, Ghibli, Anime

O filme conta a história de Sousuke, um garotinho de 5 anos e Ponyo, uma princesa que é um peixinho dourado e deseja se tornar humana. Um dia, Ponyo foge de seu lar no oceano e encontra Sousuke na encosta. O garoto, então, promete protegê-la para sempre e começam as aventuras dos dois.

Como dá para perceber pela sinopse, Miyazaki foi influenciado pelo clássico conto da Pequena Sereia, de H. C. Andersen, além de se inspirar na lenda japonesa, Urashima Taro, onde um pescador salva uma tartaruga que estava sendo maltratada e a devolve para o mar (o resumo do resumo, vale conferir a lenda inteira no google).

  1. Vidas ao vento (“Kaze Tachinu”, em jp)

Lançado em 2013, o filme é uma biografia ficcionalizada do engenheiro Jiro Horikoshi, acompanhando seus sonhos sobre aviação, sua relação com sua esposa, seus projetos de aeronaves para o Império do Japão e suas dificuldades na Segunda Guerra Mundial.

The Wind Rises | Wiki | Otanix Amino

Neste filme, Miyazaki nos mostra, mais uma vez, seu fascínio sobre aviões, principalmente por modelos antigos, como fez no filme Porco Rosso. Vidas ao Vento retrata a visão de um homem sobre essas máquinas que, para o protagonista e o próprio Miyazaki, são belas e inocentes, mas nas mãos dos outros, são corrompidas pela guerra e se tornam máquinas mortíferas.

Um fato que acho relevante sinalizar é que o filme se passa antes da guerra de fato começar, a história acaba sem que ela comece, o que pode decepcionar quem estava esperando por ver todo o caos da guerra. Esse filme se tornou até um pouco controverso por não mostrar os impactos negativos da guerra ou as ações ruins de Jiro Horikoshi.

Como eu disse na parte 1, as escolhas para a lista foram baseadas apenas em filmes dirigidos por Miyazaki, de forma que filmes em que ele escreveu o roteiro (“Da Colina Kokuriko”, “O Mundo dos Pequeninos”, etc) ou filmes em que participou da produção (“Sussurros do Coração”, “Meus Vizinhos, os Yamada”, etc) não estão nessa lista, mas eu super indico também!

LEIA TAMBÉM: Hayao Miyazaki – animações que deixam um legado Parte 1

Siga o @Nerdrecomenda nas redes sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: