Hometown Cha Cha Cha

Hometown Cha Cha Cha – Nova cidade, novos amores

Uma história quentinha, com mistérios para resolver

Hometown Cha Cha Cha, o título desse dorama não atrai muito, pode até parecer um pouco “palhaçada”, mas o conteúdo é bem rico em relações interpessoais e lições sobre apreciar a simplicidade, ao invés do luxo. Ou posso estar falando bobagem e você vai dizer que é apenas uma comédia romântica normal, e tudo bem.

A protagonista Yoon Hye-jin (Shin Min-a) está com a vida nos eixos, com um emprego estável de dentista, até que pede demissão por não concordar com a dona do consultório que gosta de extorquir os clientes. Hye-jin acaba viajando para Gongjin, uma cidade litorânea, onde possui algumas lembranças com seus pais e acaba, de forma meio desajeitada, conhecendo Hong Du-sik (Kim Seon-ho), conhecido na cidade como “chefe Hong”. 

De um primeiro encontro estranho, ela acaba tomando a decisão de abrir um consultório de dentista na cidade, mas conquistar o povo local não é tão fácil, ainda mais depois da péssima primeira impressão que ela deixou. Sobrará para o chefe Hong, nosso faz tudo, ajudar a consertar esse erro e salvar o negócio da srta. Dentista que, nem bem abriu, e já pode falir.

Hometown Cha Cha Cha

Personagens

Começando pelo casal principal, adorei que fugimos do padrão “CEO rico e moça humilde, mas determinada”. Acho até que podemos dizer que os papéis se invertem um pouquinho, visto que a profissão de dentista da Hye-jin não a torna rica, mas a deixa com uma boa estabilidade financeira. Em contrapartida, o chefe Hong vive de bicos, o que também não é um problema para ele, como disse.

No começo, protagonista, por conta dessa “diferença”, se mostra bem fútil, subestimando a vida na cidade litorânea, em comparação com Seoul, não gosta de comer ao ar livre, se misturar com os outros e valoriza produtos de marcas caras (tudo coisa sem importância). É através do convívio com os moradores, principalmente com o chefe Hong que ela começa a se desprender dessa mentalidade pequena e a valorizar as pequenas coisas.

Hometown Cha Cha Cha

O chefe Hong, também, por conta da forma com a srta. Dentista se comporta, acaba criando alguns pré-conceitos sobre a vida dela, coisa que só a aproximação entre os dois irá mostrar as cicatrizes que ela carrega, que a azem agir dessa forma fútil.

Por sinal, chefe Hong trata todos da cidade como se fossem parte da família, parte da filosofia de vida dele, sem formalidades nem nada.

O pau para toda obra do bairro, não há quem não o conheça e o respeite. Porém, como todo o dorama, precisamos de um mistério e eis que o chefe Hong é o protagonista dele.

Todos no bairro comentam que ele, um cara que é super inteligente e chegaria longe, escolheu a vida da cidade pequena, após desaparecer por 5 anos. Ninguém sabe o que aconteceu nesse período, só que ele voltou para casa arrasado e nunca tocou no assunto. Internamente, as cenas fazem questão de nos mostrar que os traumas desse período ainda o perseguem, em seus pesadelos.

E o restante da galera do bairro é o que ajuda a dar vida ao dorama. Temos de tudo, por isso não posso detalhar todos, mas temos: o casal divorciado que ninguém sabe porque se separou e vivem um no pescoço do outro até hoje; temos a senhora fofoqueira que só causa, principalmente no grupo do celular; um ex-cantor desconhecido, mas que adora falar de seus tempos de glória; o trio de idosas que são uma comédia; o casal que está à espera de sua segunda filha.

Olhando assim, parece realmente muita palhaçada, mas muitas discussões sérias acabam entrando na história desses personagens. Também é muito interessante ver mais de perto alguém atuando na profissão de dentista, trazendo, inclusive, os problemas da profissão. Um bom exemplo disso é quando algumas mulheres começam a fazer só uma parte do tratamento com a dentista e vão terminar em outro lugar, que não é certificado, só por conta do preço. Elas chegam até a questionar a dificuldade do curso e a profissão (foi de dar raiva).

Deixando as mágoas para trás, uma coisa muito em sintonia e gostosa de ver foi o relacionamento do casal principal, depois que eles finalmente ficam juntos (isso não é nenhum spoiler, o dorama é sobre isso). Esse casal é simplesmente muito chamego um com o outro, às vezes dava até um pouquinho de vergonha alheia. Mas não se esqueça, todo dorama tem seu momento de crise na relação, e ela vem. Achei até que seria pior, fiquei contente que não foi tão terrível. 

Hometown Cha Cha Cha

Foi tão refrescante ver um dorama que não se passava em Seoul (nada contra, mas uma mudança é sempre bem-vinda). Todo o clima da cidade litorânea era bem tranquilo, os cenários com a praia, o píer, o farol… Chefe Hong, acho que entendi porque você largou tudo para trás (mentira, tem muita coisa enterrada aí).

Hometown Cha Cha Cha tem 16 episódios e está disponível na Netflix, inclusive, com dublagem em português. Além disso, o dorama se tornou uma das maiores audiências da TV por assinatura na Coréia do Sul. Na minha opinião, esse é o tipo de dorama que não pode faltar na lista, diverte na medida certa e não se arrasta. Triste são aqueles que não conheceram a Srta. Dentista e o Chefe Hong!

Por: Letícia Vargas


LEIA TAMBÉM: O Palhaço Coroado ou um rei sem coroa?


Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook Instragram Twitter

Um comentário

Deixe seu Comentário