Makoto Shinkai

Filmes de Makoto Shinkai com uma arte de emocionar – Parte 2

Três obras que faltavam para vocês maratonarem Makoto Shinkai

Quem acompanhou a “Saga Makoto Shinkai”, sabe que esse talentoso diretor é conhecido por suas animações com cenários de tirar o fôlego, com foco maior em cenas sem diálogos e com distanciamento entre personagens.

Para quem não sabe do que estou falando, este texto é, na verdade, a parte 2 de uma lista de indicações de filmes do diretor Makoto Shinkai, por ordem de lançamento. Então não deixe de conferir a parte um aqui no site!! (Corre lá e depois volte para ler a parte dois… ou leia a parte dois e depois a parte um, você decide)

Seguindo de onde paramos:

4 – Kotonoha no Niwa – 2013 (“O Jardim das Palavras”, em pt)

Com o início da temporada de chuvas em Tóquio como pano de fundo, a história foca em Takao Akizuki, um estudante do ensino médio que gosta de matar aula para desenhar sapatos no jardim de Shinjuku Gyoen.

Kotonoha no Niwa 【言の葉の庭】–「 O Jardim de Palavras ...

Em uma dessas, ele conhece Yukari Yukino, uma mulher misteriosa que se despede dele com um tanka (forma de poesia japonesa) que o intriga. Depois disso, os dois passam a se encontrar no jardim e conversam sobre várias coisas, sem nunca se apresentarem de fato. Yukino até se interessa pelos desenhos de Takao, então ele decide fazer um par de sapatos para ela.

A temporada de chuva passa e Takao para de ir ao parque para se concentrar no trabalho. De volta à escola, também, ele descobre que Yukino é uma professora de literatura, alvo de fofocas e bullying e, por isso, fugia para o jardim e, várias coisas, que eu obviamente não vou contar, acontecem na relação entre os dois.

E não se preocupem que a história dele gostar de desenhar sapatos não vai para o ralo, ela ainda está lá!

Devo dizer que esse é, de longe, meu filme favorito de Makoto Shinkai em termos de arte (mas até aí é preferência pessoal minha). As paisagens são tão sublimes que parecem quase reais e, sim, elas são inspiradas em lugares reais, assim como a maioria dos filmes dele.

5 – Kimi no Na wa. – 2016 (“Your Name”, no ocidente)

Um dos romances de maior sucesso do diretor que chegou até a ser exibido nos cinemas brasileiros e teve o mangá publicado pela editora JBC. Mas, não vou mentir, a história (pelo menos no filme, já que não li o mangá) tem vários furos no roteiro, então já vai preparado mentalmente para isso e foca na arte que é sucesso, mas não deixe de assistir e tirar suas próprias conclusões.

Universo Paralelo com Heloisa Philippini

Mitsuha é uma garota do ensino médio que mora em Itomori (região montanhosa de Hida, Japão), com sua avó e irmã mais nova. Entediada com a vida no campo, deseja ter uma vida mais agitada, querendo mudar-se para Tóquio.

Taki, um garoto do ensino médio que vive em Tóquio. Um dia, do nada, os dois protagonistas começam a trocar de corpo várias vezes. Depois de perceberem que não se trata de um sonho, ambos decidem começar a se comunicar, deixando bilhetes.

Um dia as trocas param (do nada, também) causando curiosidade em Taki sobre o motivo, motivando-o a procurar sobre o povoado de Mitsuha, o que o leva a uma grande descoberta, que o motiva a ir mais a fundo nessa história.

Rola até um crossover com a professora de literatura do “Jardim das Palavras”, Yukari Yukino.

6 – Tenki no Ko – 2019 (“O Tempo com Você”, em pt)

A mais recente animação de Makoto Shinkai quase entrou na lista de indicações ao Oscar, como melhor filme internacional. A história, assim como “O Jardim das Palavras”, se passa na temporada de chuvas do Japão e conta a história de um garoto que se muda pra Tóquio e se torna amigo de uma garota órfã, que tem a habilidade de manipular o tempo.

Steam Community :: :: Tenki no ko

Hodaka, na verdade, fugiu de casa para começar uma nova vida na capital, mas logo percebe que a cidade grande não é para qualquer um.

Por sorte, ele conheceu um cara chamado Keisuke, dono de uma pequenina empresa de edição, que acabou lhe oferecendo um “estágio”, com estadia e refeições inclusas e é a partir desse estágio que ele começa a se envolver com a história de garotas que conseguem controlar o tempo, mas sem acreditar muito.

Um dia Hodaka  acaba se envolvendo numa situação complicada devido a uma garota que foi gentil com ele quando estava na pior. No fim, ele descobre que ela se chama Hina e é uma “menina sol”, pessoa capaz de controlar o tempo, igual as das histórias. Juntos, eles resolvem abrir um negócio onde as pessoas pagam para eles fazerem parar de chover e o resto você confere vendo o filme!

Duas curiosidades: rola um crossover com os protagonistas de “Your Name” e, assim como “Your Name”, o filme estava previsto para estrear nos cinemas brasileiros no começo de 2020, porém, com a pandemia do coronavírus, é provável que seja adiado para 2021.

E isso conclui nossa lista de duas partes sobre esse grande diretor. Esperamos que no futuro ele nos traga mais obras belíssimas para nos deleitarmos com os cenários que parecem quase reais, e os traços, e as cores, e tudo mais… meu Deus, é muito lindo!

Então chama a família e os amigos para ver também!!

LEIA TAMBÉM: Filmes de Makoto Shinkai para emocionar – Parte 1

Siga @Nerdrecomenda nas redes Sociais

Facebook | Twitter | Instagram

Deixe seu Comentário

%d blogueiros gostam disto: